Blocos tomam conta das ruas do Rio de Janeiro nesse sábado

Folia

Publicado em 03/03/2019 - 09:15 Por Cristiane Ribeiro - Rio de Janeiro

 Indiferentes ao tempo chuvoso no Rio de Janeiro, milhares de foliões saíram cedo de casa para acompanhar os blocos nesse sábado (2).

 

A maratona começou às 7h, no Aterro do Flamengo, onde centenas de pessoas se concentraram no bloco Amigos da Onça. O ponto alto foi o momento em que organizadores e foliões homenagearam a vereadora Marielle Franco, do PSOL, assassinada há quase um ano, levantando placas com o nome dela.

 

De lá, os foliões seguiram para o Cordão do Bola Preta, no centro da cidade. O tradicional e centenário bloco, se concentrou na Avenida Presidente Antônio Carlos e em pouco tempo uma multidão já tomava conta da avenida.

 

A expectativa dos organizadores é de que cerca de 1,5 milhão de pessoas tenham acompanhado o Bola. Este é o 101º desfile do bloco, que trouxe a atriz Paola Oliveira como rainha e o tema “O Primeiro de Mais Cem".

 

As fantasias são as mais originais possíveis, mas este ano, o carnaval é do carimbo “Não é Não!”. A ideia é mostrar que o direito de dizer não deve ser respeitado, para qualquer situação.

 

A professora Danielle, veio de Niterói para o Bola. De saia e camiseta, ela tinha nas mãos uma plaquinha com a frase Não é Não!.

 

Em meio aos milhares de foliões, a Polícia Militar (PM) teve que intervir em uma briga no bloco, usando spray de pimenta para afastar os brigões. O tumulto começou com uma tentativa de furto de celular, mas o suspeito acabou fugindo.


Em outra parte do centro da cidade, outra multidão acompanhou o Multibloco, próximo à praça da Cruz Vermelha. Alí, os foliões também se divertiram ao som das marchinhas e sambas enredo.

 

Os ambulantes trabalharam normalmente, mas reclamaram das vendas. É que cada vez mais foliões levam bebida e comida para não gastar.

 

A ambulante Lais, grávida de seis meses, moradora do município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, admitiu que este ano o movimento estava menor por causa da chuva, mas que ainda assim estava conseguindo vender a cerveja, o refrigerante e a água.

 

Ainda pela manhã, em Copacabana, na zona sul do Rio, o Empolga as Nove, com muitas mulheres na bateria , arrastou milhares de foliões pela avenida Atlântica.

 

O mesmo aconteceu na Barra, com o Carrossel de Emoções, que mistura marchinhas e funk.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Política

Projeto que autoriza privatização dos Correios é aprovado na Câmara

O parecer do relator, deputado Gil Cutrim, do Republicanos, prevê  que  após o leilão, a estatal será transformada em uma empresa de economia mista, que passará a ser chamada de Correios do Brasil. E a  Anatel passa a regulamentar os serviços postais.

Baixar arquivo
Política

Lei de combate à violência política contra a mulher é sancionada

Uso indevido pelos partidos de nomes de mulheres apenas para o preenchimento da cota de 30% e o desvio dos recursos destinados ao financiamento das campanhas femininas estão entre os principais casos de violência política contra a mulher no Brasil.

Baixar arquivo
Segurança

Operação Shark desarticula grupo que aplicava golpes em empréstimos

Uma ação conjunta das polícias civis do Distrito Federal e do Rio de Janeiro desarticulou nesta quinta-feira um grupo especializado em aplicar golpes de empréstimos de dinheiro. Além do Rio e do DF, os criminosos atuavam nos estados de São Paulo e Pernambuco.

Baixar arquivo
Saúde

41 pessoas recebem medalhas do Mérito Médico e Mérito Oswaldo Cruz

As medalhas de ouro foram entregues a 15 ministros do governo, além dos presidentes da Câmara, Arthur Lira e do Senado, Rodrigo Pacheco

Baixar arquivo
Economia

Dia dos Pais: 32% dos brasileiros devem dar presentes aponta pesquisa

Domingo é Dia dos Pais. E pesquisa da Associação Comercial de São Paulo aponta que apenas 32% dos brasileiros planejam comprar um presente para celebrar a data. A pesquisa nacional mostra ainda que 19% dos consumidores ouvidos ainda estão indecisos.

Baixar arquivo