Museu Nacional pode ser parcialmente reaberto em 2022

Um ano após incêndio

Publicado em 28/08/2019 - 16:44 Por Raquel Júnia - Rio de Janeiro

Parte do Museu Nacional pode passar a receber novamente o público em 2022. O anúncio foi feito pela direção da Instituição e reitoria da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) durante uma coletiva de imprensa nesta quarta-feira na Academia Brasileira de Ciências. No encontro com os jornalistas, que marca um ano do incêndio, também foram apresentados novos itens históricos recuperados dos escombros.

 

A reitora da UFRJ Denise Pires de Carvalho disse que com o avançar dos trabalhos de recuperação e parcerias estabelecidas já é possível vislumbrar essa reabertura parcial.

 

Foi anunciada também a construção de novos laboratórios e um centro educacional em um terreno que acaba de ser doado pela União, próximo à Quinta da Boa Vista. As obras serão arcadas com os 43 milhões de reais garantidos por uma emenda conquistada pela bancada de deputados federais do Rio de Janeiro.

 

Foi apresentado também o balanço de outras doações recebidas por emendas individuais de deputados, pessoas jurídicas, físicas e dos governos da Alemanha e da Inglaterra, recursos que foram gastos no trabalho emergencial de recuperação/Atualmente, o museu conta, no total, com 68 milhões de reais que vão ser destinados também para o projeto executivo de recuperação da fachada e do telhado do prédio histórico, recursos obtidos junto ao Ministério da Educação, BNDES e por meio da emenda da bancada. Os trabalhos contam também com a cooperação da Unesco, que gerencia parte desses recursos.

 

O diretor da instituição, Alexander Kellner, agradeceu os apoios recebidos e reforçou que o Brasil precisa demonstrar que aprendeu com a tragédia inclusive para merecer as doações de acervo que estão vindo de outros países.


A paleontóloga do Museu, Luciana Carvalho, vice-coordenadora do Núcleo de Resgaste, apresentou um balanço do trabalho de recuperação.Dezessete coleções do Museu, que representam 46% do acervo, foram perdidas ou restaram muito pouco delas.// Sete coleções que estavam em outro prédio não tiveram os itens atingidos.// Ela explicou que os pesquisadores ainda trabalham na retirada de materiais, para, posteriormente passarem para a fase final de inventário do acervo recuperado.

 

No próximo final de semana, o Museu vai realizar um festival aberto à população na Quinta da Boa Vista. Estão previstas também reuniões com os deputados fluminenses para apresentar os trabalhos já feitos e com empresas interessadas em apoiar o Museu, com o objetivo de elaborar um protocolo de intenções. Na segunda-feira, dia 2, data na qual o incêndio completa um ano, o Museu abre a exposição Santo Antônio de Sá: a Primeira Vila do Recôncavo da Guanabara, com itens do acervo, no Centro Cultural da Caixa, no centro da cidade.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Governo vai expandir possibilidade de sinal de rádio FM

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, assinou nesta quinta-feira (13) uma portaria, junto com o presidente Jair Bolsonaro, para regularizar o serviço de retransmissão de rádio.

Baixar arquivo
Saúde

Rio registra aumento de leitos hospitalares pela 1ª vez em 10 anos

Após a perda de 16 mil leitos hospitalares, apenas entre 2011 e 2019, o Rio de Janeiro viu, em 2020, pela primeira vez, aumento no registro de vagas nas unidades de saúde.

Baixar arquivo
Política

Pesquisa DataSenado faz mapeamento de como a pandemia afetou o ensino

Estudante do oitavo ano do ensino fundamental em Brasília, Arthur Cardoso relata os desafios que tem enfrentado desde que as escolas fecharam, por consequência da pandemia do novo coronavírus.
 

Baixar arquivo
Saúde

Planos de saúde devem cobrir teste rápido de Covid-19

Os planos de saúde são obrigados a cobrir os testes sorológicos para a Covid-19. A medida foi aprovada pela Diretoria da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), por unanimidade, em reunião nesta quinta-feira (13).

Baixar arquivo
Economia

Governo lança aplicativo eSocial Doméstico para empregadores

A partir de agora o eSocial  tem aplicativo para celulares. Com a medida, empregadores poderão realizar registro do empregado e gerenciamento da folha de pagamento pelo celular.

Baixar arquivo
Política

Saúde diz que usou 48% dos recursos destinados ao combate à pandemia

O Ministério da Saúde gastou 48% dos recursos destinados exclusivamente para o combate à pandemia da Covid-19, informou o ministro interino da pasta, Eduardo Pazuello, durante audiência pública realizada nesta quinta-feira (13) no Congresso Nacional.

Baixar arquivo