Eduardo Paes anuncia cancelamento do carnaval em julho no Rio

Carnaval do estado já havia sido adiado para julho pelo governador

Publicado em 21/01/2021 - 19:03 Por Tatiana Alves - Rio de Janeiro

A cidade do Rio de Janeiro não terá carnaval de meio de ano. Foi o que garantiu o prefeito Eduardo Paes, em postagem feita nesta quinta-feira (21), em suas redes sociais. Segundo Paes, é impossível preparar a festa em meio ao cenário de pandemia, mesmo com a vacinação contra a Covid-19 em andamento. Ele argumentou que, devido à grande mobilização que a preparação da festa exige, fica inviável ajeitar tudo até a data. Uma lei sancionada pelo governador em exercício, Cláudio Castro, na semana passada, criou o carnaval fora de época no estado, no mês de julho, mas sem definir a data.

A Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa), condicionou a realização dos desfiles das agremiações do grupo especial à vacinação contra a Covid-19. Ma agora, em nota, a Liga manifestou apoio à decisão do prefeito, tendo em vista a escalada nos registros de casos da doença e o quadro de incertezas quanto aos prazos de vacinação.

Já a Associação Independente dos Blocos de Carnaval de Rua do Rio (Sebastiana) expressou incerteza em relação à lei que criou o carnaval fora de época. Mas recebeu com alívio a decisão de Eduardo Paes, de não realizar a festa na cidade, como explica a presidente da entidade, Rita Fernandes. “A decisão do prefeito é acertada e vem ao encontro do posicionamento em que a Sebastiana já havia anunciado anteriormente. Não é possível realizar nada de carnaval na rua. O retorno dos blocos às ruas só podem se dar quando houver a vacina, imunização de toda a população, condição essa que assegura a segurança de todo mundo. Embora a gente saiba que há uma legião de trabalhadores da cadeia produtiva do carnaval que vão ser afetados com essa decisão, a cidade não tem condições de organizar e financiar a estrutura que seria necessária para um evento desse tamanho”.


Mesmo sem a festa em 2021, o carnaval em julho está garantido na capital fluminense para os próximos anos. A lei sancionada pelo governador interino Cláudio Castro tem caráter permanente. O objetivo, segundo ele, é estimular o turismo e a economia do estado no período de férias de meio de ano.

Últimas notícias
Saúde

Dia D de vacinação ocorre neste sábado em todo país

Diante da ameaça do retorno de doenças já erradicadas, este sábado é o Dia D para atualizar a caderneta de vacinação nos menores de 15 anos e vacinar as crianças menores de 5 anos contra a poliomielite.

Baixar arquivo
Geral

Força-tarefa fiscaliza veículos, postos e instaladoras de kits GNV

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis divulgou balanço da operação realizada para fiscalizar veículos que abastecem com gás natural veicular nos postos do Rio de Janeiro.

Baixar arquivo
Cultura

Festival de Música da EBC têm inscrições abertas até 31 de agosto

Em comemoração ao centenário do rádio no país, a Empresa Brasil de Comunicação promove o Festival de Música 100 anos de Rádio no Brasil com inscrições gratuitas.

Baixar arquivo
Política

Eleições tem recorde proporcional de candidatos indígenas

As eleições deste ano terão o maior percentual de candidatos indígenas desde 2014. São 176 candidatos autodeclarados indígenas que devem concorrer a um cargo político, o que representa 0,6% do eleitorado.

Baixar arquivo
Geral

Caixa paga parcela do Auxílio Brasil para pessoas com NIS final 9

A Caixa Econômica Federal paga, nesta sexta-feira, a parcela de agosto do Auxílio Brasil aos beneficiários com Número de Inscrição Social, o NIS, de final 9.

Baixar arquivo
Pesquisa e Inovação

MCTI investe em pesquisa para transplante de órgãos suínos em humanos

O processo é chamado de xenotransplante e atualmente utiliza porcos geneticamente modificados para pesquisas. De acordo com especialistas, talvez seja possível a utilização em humanos de rins, coração, fígado, além de enxerto de pele. 

Baixar arquivo