São Luís (MA) terá que controlar estacionamentos no centro histórico

Publicado em 06/07/2022 - 16:20 Por Madson Euler - Repórter da Rádio Nacional - São Luís (MA)

Justiça determina que a prefeitura de São Luís adote medidas para controle do funcionamento de estacionamentos rotativos dentro dos imóveis tombados, localizados no Centro Histórico de São Luís.  A decisão é em resposta a uma ação do Ministério Público Federal. Vários casarões e prédios centenários tombados pelo IPHAN foram alterados ou descaracterizados para receber os automóveis que estacionam na região.

A sentença obriga a gestão municipal a definir uma forma de controle da exploração da atividade comercial de estacionamento rotativo em área de preservação histórica. É que mesmo sendo responsável pelo controle do funcionamento desses estabelecimentos, o município de São Luís tem tolerado a operação irregular de tal atividade no centro histórico de São Luís, uma vez que concede alvarás sem qualquer ressalva.

De acordo com avaliação do Iphan, encaminhada ao Ministério Público Federal, verificou-se que muitos imóveis foram parcialmente demolidos ou significativamente alterados para implantação de estacionamentos. Houve a derrubada de paredes internas, alargamento de vãos das portas, além de modificações de fachadas dos casarões. Além disso, o município elaborou anteriormente um plano de mobilidade na região Central, com recursos da União, que não foi implementado.

Com a sentença e as informações técnicas apresentadas pelo IPHAN, agora a prefeitura da capital tem prazo de 30 dias para apresentar um levantamento dos estacionamentos rotativos em funcionamento na área de preservação histórica de São Luís. Além disso, aqueles que exercem a atividade de forma irregular devem ser interditados imediatamente. Inclusive os que não possuem autorização de funcionamento por órgãos estaduais e federais vinculados à administração o patrimônio histórico.

O juiz federal Rodrigo Rodrigues Macieira determina ainda que o município deverá implantar medidas de controle de estacionamento e circulação de veículos no Centro Histórico, conforme a previsão contida no Plano Diretor de Acessibilidade e Mobilidade da Área Central de São Luís.

Desde 1997, São Luís é considerada Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco pelos quatro mil casarões herdados da colonização portuguesa. Do total de imóveis históricos, 1.500 estão na área de tombamento federal.

Em nota, a Prefeitura, por meio da Procuradoria Geral do Município, disse que ainda não foi notificada da decisão judicial cujo processo é de 2018.

Edição: Sâmia Mendes - GT Passos

Últimas notícias
Justiça

CNJ lança sistema para busca de ativos de pessoas físicas e jurídicas

O CNJ - Conselho Nacional de Justiça lançou, nesta terça-feira, um sistema digital para realização de busca de ativos e patrimônio de pessoas físicas e jurídicas em diversas bases de dados. 

Baixar arquivo
Justiça

Novo presidente do TSE, Alexandre de Moraes, defende a democracia

O ministro Alexandre de Moraes assumiu nesta terça-feira a presidência do Tribunal Superior Eleitoral. E o ministro Ricardo Lewandowski tomou posse como vice-presidente da Corte Eleitoral.

Baixar arquivo
Saúde

Anvisa lança alerta sobre falsificação do medicamento somatropina

A agência também entregou para a Polícia Federal um dossiê de investigação sanitária, que deve ajudar na apuração das denúncias de falsificação da somatropina.

Baixar arquivo
Economia

Conselho Brasil-OCDE realiza encontro no Palácio do Planalto

O Conselho Brasil-OCDE realizou uma reunião no Palácio do Planalto para analisar o processo de entrada do país na organização internacional.

Baixar arquivo
Política

STF media reunião entre estados, DF e União para discutir o ICMS

Estados, e Distrito Federal, de um lado, e União, do outro, se reuniram no Supremo Tribunal Federal, nesta terça-feira, para tentar chegar a um acordo sobre o ICMS dos combustíveis.

Baixar arquivo
Geral

Passageiro entra em surto e quebra poltronas de avião da Gol

As imagens do homem chutando as cadeiras até elas quebrarem circulou pelas redes sociais. O avião saiu do aeroporto de Congonhas, em São Paulo, com destino a Recife, no domingo à noite.

Baixar arquivo