BNDES vai apoiar construção do Museu da Escravidão, no Rio de Janeiro

Publicado em 06/02/2023 - 18:43 Por Carolina Pessoa - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

O novo presidente do BNDES, Aloizio Mercadante, anunciou nesta segunda-feira (06), durante a posse, que o banco vai apoiar a construção de um museu sobre a história da escravidão no país. Essa é uma demanda antiga da comunidade negra, e faz parte do projeto do Cais do Valongo, situado no Rio de Janeiro. O local foi o principal ponto de desembarque e comércio de pessoas negras escravizadas nas Américas e é patrimônio da humanidade pela Unesco.

De acordo com Mercadante, a medida é de grande importância para o resgate da memória da escravidão.

O anúncio acontece poucos dias depois de uma reunião entre membros do Ministério Público Federal, que acompanham as medidas adotadas no Cais desde 2013, e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o Iphan. No evento, o MPF cobrou a adoção de providências para o que Estado Brasileiro cumpra as obrigações assumidas com a Unesco em 2017, quando o Valongo foi declarado Patrimônio da Humanidade.

O procurador Sérgio Suiama explica que, além da construção do Museu, é preciso revitalizar a praça onde o Valongo está localizado, com medidas para solucionar os constantes alagamentos e melhorias nas informações turísticas e na iluminação. Ele também defendeu a reinstalação do comitê gestor participativo do sítio, extinto em 2019.

O Cais do Valongo funcionou até 1831, ano em que foi proibido o tráfico transatlântico de africanos escravizados. Calcula-se que entre 500 mil e um milhão de negros desembarcaram no local. Os vestígios do antigo Cais foram revelados em 2011, durante as escavações arqueológicas para a implementação do projeto Porto Maravilha.

Responsável pela fiscalização do Patrimônio Cultural Brasileiro, o Iphan foi procurado pela reportagem para abordar a situação do Cais do Valongo, mas não respondeu até o fechamento da matéria.

Edição: Sheily Noleto / Guilherme Strozi

Últimas notícias
Eleições 2020

Barco com corpos à deriva é encontrado no litoral do Pará

O inquérito está sob a responsabilidade da Polícia Federal no Pará que enviou equipes para a região.  

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Ministério da Saúde inicia Mês de Vacinação dos Povos Indígenas

O Ministério da Saúde inicia neste sábado, 13, o mês de vacinação dos povos indígenas. A proposta é intensificar a imunização em territórios indígenas, ampliando a cobertura vacinal, sobretudo em áreas de difícil acesso.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Ministério dos Esportes condena atos de racismo a alunos do DF

O Ministério dos Esportes condenou, neste sábado, os ataques racistas sofridos por estudantes no Distrito Federal. Alunos foram chamados de “macaco”, “filho de empregada” e “pobrinho” durante uma partida de futebol de salão entre colégios de Brasília. O caso aconteceu em três de abril e veio à tona, nesta semana.

Baixar arquivo
Internacional

Lula visitará Colômbia para fortalecer laços comerciais

A Colômbia é o terceiro maior parceiro comercial do Brasil, atrás apenas dos Estados Unidos e da China.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Governo garante amparo a gestantes em cargos públicos provisórios

Mulheres que trabalham na administração pública em cargo em comissão ou são contratadas por tempo determinado têm garantido o direito à licença-maternidade e à estabilidade provisória.

Baixar arquivo
Geral

Inmet alerta para risco de chuvas intensas pelo Brasil

A previsão é de acumulados de chuva variando entre 30 e 60 milímetros por hora ou entre 50 e 100 milímetros por dia,

Baixar arquivo