Governo anula anistia concedida a militares por perseguição política durante ditadura

Anistiados por perseguição política

Publicado em 08/06/2020 - 21:46 Por Gésio Passos - Brasília

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos publicou, nesta segunda-feira, 295 portarias anulando a anistia de militares por perseguição política durante a ditadura militar.


A pasta justifica que não há comprovação da existência de perseguição exclusivamente política nos atos de anistia já realizados. O Ministério assegura que não será necessário devolver as verbas indenizatórias já recebidas.


As anistias eram baseadas em uma portaria da Aeronáutica, de 1964, que determinou a dispensa de cabos contratados após 8 anos de serviço.


Em 2002, a Comissão de Anistia entendeu que o ato configurava perseguição política, autorizando a condição de anistiados para aqueles cabos dispensados à época.  Segundo o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, essas anistias custam R$ 31 milhões por mês para a Aeronáutica.


Em outubro de 2019, o Supremo Tribunal Federal decidiu que era constitucional a possibilidade de revogação das anistias dadas a mais de 2,5 mil militares baseada nessa portaria.


Na época, a maioria do STF entendeu que a portaria, por si só, não se constituiu como ato de exceção, sendo necessário a comprovação de motivação político-ideológica para exclusão das Forças Armadas, possibilitando assim a concessão de anistia.


O governo anunciou, em 2019, uma força-tarefa com o Ministério dos Direitos Humanos e a AGU para rever as anistias à militares com base nesse ato.                                


O Supremo garantiu a defesa administrativa e a não devolução das verbas recebidas de boa-fé pelos militares.

Últimas notícias
Saúde

TCU recomenda que governo exija cartão de vacinação para estrangeiros

A decisão do TCU sobre o passaporte da vacina é semelhante à da Anvisa, que também pediu cobrança de prova de vacinação para estrangeiros em visita ao Brasil.

Baixar arquivo
Saúde

Rio amplia exigência de certificado de vacinação contra a covid-19

Lanchonetes, bares, restaurantes, salões de beleza, shoppings centers e centros comerciais terão que exigir dos consumidores a apresentação do comprovante da vacina.

Baixar arquivo
Geral

Surto de lesões na pele continua sem causa determinada em Recife

O balanço mais recente divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde, neste 1º de dezembro, registrou mais de 330 notificações vindas de pelo menos 14 municípios.

Baixar arquivo
Geral

TV Brasil completa 14 anos e conquista 6º lugar na audiência

A emissora está com programação cada vez mais inclusiva, com cerca de 25 horas semanais de audiodescrição, 17 horas por semana de libras e 100% da programação com legenda oculta.

Baixar arquivo
Esportes

Confira resultados dos jogos de quarta e próximas partidas do futebol

Pelo Amistoso Internacional, o Brasil venceu o Chile por 2 a 0 no futebol feminino e ficou com o título da competição

Baixar arquivo