PMs são flagrados agredindo homem negro em cidade do DF

Distrito Federal

Publicado em 02/06/2020 - 21:38 Por Gésio Passos - Brasília

Após toda a repercussão dos casos de George Floyd, nos Estados Unidos, e do jovem João Pedro, no Rio de Janeiro, mortos por policiais em serviço, um vídeo que circula nas redes sociais mostra uma agressão de policias militares contra um homem em Planaltina, no Distrito Federal, na noite dessa segunda-feira (1º). Em comum, as três vítimas têm a cor da pele preta.

 

No vídeo sobre o caso de Brasília, dois policiais perseguem e batem com cacetete, por quatro vezes, nas costas de um homem, que ainda não foi identificado. Na filmagem, de apenas 40 segundos, o rapaz fala aos policias que ele não teria feito nada de errado enquanto grita de dor pelas agressões, até cair no chão.

 

A reportagem falou com o jovem de 19 anos que gravou o vídeo, mas ele, por medo, pediu para não ter o nome divulgado nem a conversa gravada. O rapaz afirma que agressão ocorreu no estacionamento de um supermercado na noite dessa segunda-feira.

 

Ele disse que a vítima estava no estacionamento, quando foi abordado pelos policias, que primeiro utilizaram spray de pimenta e depois agrediram a vítima, que não apresentou nenhuma resistência à ação da polícia. Após as agressões, a polícia não prendeu e permitiu que o homem deixasse o local.

 

Segundo o jovem que filmou a cena, abordagens violentas como essa são muito comuns nas periferias da capital federal, principalmente contra pessoas negras. Ele afirma que nunca foi vítima desse tipo de violência, mas convive com muita gente que já foi agredido gratuitamente pela polícia.

 

Deise Benedito, mestre em criminologia e ex-perita do Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura, afirma que esse tipo de abordagem ocorre apenas nas periferias, mostrando o racismo institucional no estado brasileiro.

 

A Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal afirmou, em nota, que está adotando todas as providências legais de apuração dos fatos gravados em vídeo, e que a atitude dos policiais nesse caso não corresponde às diretrizes de abordagem e conduta preconizadas pela corporação.

 

Em nota, a Polícia Militar diz que foi acionada a partir de um chamado de perturbação da ordem pública em Planaltina. A corporação afirma que não houve atitude racista, e sim excesso na ação policial.

 

A PM disse ainda que os agentes foram ouvidos em inquérito nesta terça-feira e já foram afastados do serviço operacional.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Política

Congresso vai promulgar reforma eleitoral nesta terça-feira

A proposta que altera as regras para as eleições precisa ser convertida em emenda constitucional até o dia 2 de outubro, para valer para o próximo pleito.

Baixar arquivo
Esportes

Brasil leva títulos em circuito mundial de tênis em cadeira de rodas

A competição é organizada pela Federação Internacional de Tênis, vale pontos para o ranking internacional da modalidade e contou com a participação de cerca de 60 atletas.

Baixar arquivo
Esportes

Confira os resultado de segunda-feira (27) no futebol

Na Série B, do Campeonato Brasileiro, o Vasco venceu o Goiás por 2 a 0. Na classificação, o time cruzmaltino subiu para a sétima colocação com 40 pontos.

Baixar arquivo
Política

Veto que permitia despejos na pandemia é derrubado pelo Congresso

Estão proibidos os despejos até 31 de dezembro deste ano. A proibição veio com a derrubada do veto presidencial nesta segunda-feira pelos deputados e senadores.

Baixar arquivo
Economia

Participação da Petrobras no preço da gasolina é de cerca de R$ 2

Empresa é responsável por 34% do valor final do preço da gasolina; já no litro do diesel, a parcela da estatal é de R$ 2,49, equivalente a 52%. No botijão de 13kg do gás de cozinha, a participação fica em R$ 46,90, correspondente a 48% do preço.

Baixar arquivo
Economia

Pedro Guimarães dá detalhes sobre linha de crédito Caixa Tem

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, foi o entrevistado dessa segunda-feira do programa “A Voz do Brasil”

Baixar arquivo