Covid-19: agentes de saúde são alvos de ataques em mais de 40 países

Cruz Vermelha registrou 611 atos violentos na pandemia

Publicado em sexta-feira, 21 Agosto, 2020 - 14:33 Por Dayana Vítor - Brasília

Em Bangladesh, lá na Ásia, tijolos foram lançados contra a casa de um médico, depois da confirmação que ele estava infectado pela Covid-19. A ideia dos agressores era que o profissional e sua família deixassem a área. Já na Colômbia, aqui na América do Sul, moradores de uma cidade impediram de forma violenta que ambulâncias entrassem na região para identificar casos de Covid-19.

Esses são alguns dos 611 incidentes violentos contra profissionais da saúde que ocorreram em mais de 40 países, identificados pelo Comitê Internacional da Cruz Vermelha nos primeiros seis meses da pandemia do novo coronavírus. A maioria dos episódios envolveu violências físicas, depois discriminação por medo, agressões verbais e ameaças.

Os dados foram coletados de 1 de fevereiro até o dia 31 de julho. Eles foram obtidos por meio de relatos entregues ao comitê, por outras organizações, notícias e em redes sociais na África, Américas, Ásia e Oriente.

A assessora para questões em assistência à saúde em perigo do Comitê Internacional da Cruz Vermelha, Ana Elisa Barbar, argumenta que esses episódios poderiam ser evitados com uma comunicação melhor sobre a doença.

Ana acrescenta que gestores precisam capacitar os profissionais de saúde para enfrentar episódios de violência.

Segundo o Comitê Internacional da Cruz Vermelha, os incidentes violentos contra profissionais da saúde ocorreram pelo medo que a Covid-19 se espalhasse nas comunidades. Nas situações em que pacientes e familiares estavam por trás da violência, as justificativas foram o medo da morte. A impossibilidade de despedida de forma habitual de um ente querido também motivou os ataques.

 

 

Edição: Adrielen Alves

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Educação

Enade: Estudantes de universidades públicas tiveram melhor desempenho

41,7% dos cursos com nota máxima (5)  são de universidades públicas, enquanto apenas 3,1% dos cursos de instituições privadas alcançaram a melhor avaliação

Baixar arquivo
Política

Votações na Câmara são adiadas para semana que vem

Sem acordo, sessão deliberativa marcada para esta terça-feira (20) foi cancelada

Baixar arquivo
Pesquisa e Inovação

Projeto institui marco legal das startups e empreendedorismo inovador

O Governo Federal encaminhou ao Congresso Nacional texto do projeto de lei complementar que "Institui o marco legal das startups e do empreendedorismo inovador".

Baixar arquivo
Justiça

Justiça do Rio bloqueia bens do ex-prefeito Eduardo Paes

A Justiça determinou o bloqueio de bens do ex-prefeito Eduardo Paes, candidato à prefeitura do Rio de Janeiro nas eleições deste ano.

Baixar arquivo
Saúde

Vacina contra a covid-19 será incluída no programa de vacinação

O Ministério da Saúde negocia a compra de 46 milhões de doses da vacina chinesa CoronaVac contra a covid-19. O medicamento é desenvolvido pelo Instituto Butantan, em parceria com o laboratório Sinovac.

Baixar arquivo
Política

Justiça determina bloqueio de bens de João Doria

Governador de São Paulo é acusado de usar recursos da prefeitura em publicidade irregular. Total de bens bloqueados chega a R$ 29 milhões

Baixar arquivo