80% das ações solidárias no RJ durante pandemia são de comunidades

A maior parte dos projetos agiu na distribuição de alimentos

Publicado em sexta-feira, 18 Dezembro, 2020 - 19:37 Por Tatiana Alves - Rio de Janeiro

Um estudo do Observatório de Favelas revela que a grande maioria das ações solidárias criadas no Rio de Janeiro durante a pandemia da Covid-19 tiveram como objetivo garantir a segurança alimentar dos moradores das favelas.

As iniciativas mostraram que a favela é uma referência nesse tipo de ação, pois 80% das mobilizações mapeadas tiveram origem nos próprios territórios onde elas atuavam.

Das 140 ações mapeadas, 113 trabalham com a distribuição de alimentos, de forma exclusiva ou complementar, confirmando ser este o principal problema a ser combatido.

88 iniciativas trabalharam com higiene pessoal e limpeza, distribuindo sabão, álcool em gel e até mesmo o acesso à água tratada. Ainda tiveram ações voltadas para comunicação virtual, pesquisa e distribuição de renda direta.

Cada ação pode envolver mais de um tipo de iniciativa.

Os dados foram coletados a partir de novembro e indicam uma diminuição nas doações para as ações nesses locais em relação aos primeiros meses da pandemia, fazendo com que alguns projetos encerrassem as atividades.

Os boletins do Mapa Social do Corona começaram a ser produzidos em abril e abordaram temas relacionados à desigualdade no Rio de Janeiro, como a mobilidade urbana, as condições de habitação em áreas populares, questões de gênero e de raça, tudo isso analisado à luz da pandemia.

Também foram produzidas edições apontando caminhos possíveis para combater a crise provocada pelo novo coronavírus.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Prova de vida de aposentados segue suspensa até fevereiro

Com o novo decreto publicado nesta quarta-feira (20), o INSS prorrogou até fevereiro a suspensão do corte dos pagamentos de quem não fez a comprovação, tanto para residentes no Brasil ou no exterior.

Baixar arquivo
Educação

Niterói classifica educação como atividade essencial

Com isso, escolas poderão funcionar e ano letivo deve começar em março. Atualmente, a cidade está no nível amarelo de controle da covid-19, o que significa que até o ensino fundamental pode retornar às aulas presenciais. O secretário de Educação disse que, no entanto, ainda não há decisão para reabertura imediata das escolas.

Baixar arquivo
Geral

Em Sergipe, prefeito deve responder por tomar vacina contra a covid-19

Prefeito do interior do estado de Sergipe poderá responder por ter tomado a vacina contra a covid-19 sem fazer parte dos grupos prioritários. 

Os detalhes com Pedro Ramos, da Rádio UFS FM de Aracaju. 

Baixar arquivo
Geral

INSS suspende atendimento do PREVBarco a comunidades do Amazonas

Com o agravamento da pandemia no Amazonas, o INSS resolveu suspender as missões dos chamados PREVBarcos, que são Unidades Móveis Flutuantes de atendimento à população ribeirinha e trabalhadores rurais.

Baixar arquivo
Justiça

Governo do AM terá que prestar informações sobre falta de oxigênio

Nessa terça-feira (19), a justiça determinou que o governo  do Amazonas devolva,  em 48 horas, 155 cilindros de oxigênio reabastecidos ao município de Coari. Em caso de descumprimento, a multa pode chegar até R$10 milhões.

Baixar arquivo