CNJ pretende identificar a população carcerária por meio de biometria

Iniciativa tem a colaboração de mais de 150 instituições

Publicado em 03/08/2021 - 15:21 Por Lucas Pordeus Leon - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Um projeto coordenado pelo CNJ, Conselho Nacional de Justiça, pretende identificar, por meio da biometria, toda a população carcerária do país até agosto de 2022. A iniciativa, chamada de Ação Nacional de Identificação Civil para Pessoas Presas, foi lançada nesta terça-feira, e tem a colaboração de mais de 150 instituições.

O presidente do CNJ, ministro Luiz Fux, calcula que, até o início de setembro, serão distribuídos 5 mil kits de biometria, um para cada unidade prisional do Brasil.

O Tribunal Superior Eleitoral participa da ação mantendo os dados em um cadastro nacional único. Durante o lançamento, o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, destacou as consequências da falta de identificação correta dos presos, inclusive com casos de pessoas que estão no sistema por engano.

O projeto também conta com investimento de R$ 35 milhões do Ministério da Justiça e Segurança Pública, como destacou a diretora-geral do Departamento Penitenciário Nacional, Tânia Fogaça: "Combater o crime organizado não significa dar tratamento indevido ao presos."

O PNUD, o programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, é outro parceiro da Ação Nacional de Identificação Civil para Pessoas Presas.  Segundo o representante da ONU, Carlos Arboleda, o PNUD trabalha para que até 2030 toda população mundial tenha documentação.

A ação para identificação civil dos presos vai contar ainda com publicação de guias e treinamento de profissionais para que o registro das pessoas privadas de liberdade funcione de forma permanente.

Edição: Bianca Paiva / Beatriz Arcoverde

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Economia

Fim de ano pode gerar 94 mil vagas de empregos temporários, diz CNC

O cálculo é da CNC, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo. Economista alerta que a previsão depende do controle da pandemia.

Baixar arquivo
Geral

Correios vão leiloar 61 mil itens que não puderam ser entregues

Regra vale após todas as tentativas de entrega e terminado o prazo de direito à reclamação. Esse prazo varia de sete a 30 dias, conforme prevê o Código de Defesa do Consumidor. Itens vão de R$1.300 a R$ 85 mil.

Baixar arquivo
Educação

Em Curitiba alunos vão escolher entre ensino presencial ou remoto

Na rede pública de Curitiba, os alunos terão que optar pelo modelo presencial tem que respeitar protocolos de segurança.. Sem o modelo de ensino híbrido nas escolas da rede pública municipal de Curitiba, a partir de segunda-feira, as aulas passam a ser 100% presenciais ou 100% remotas.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Governo do RJ cria comitê de segurança hídrica

Baixo volume de chuvas acendeu o sinal de alerta em todo o país e levou o Governo do Estado do Rio de Janeiro a criar a iniciativa para definir um plano de ações na busca de conter os impactos da situação hídrica.

Baixar arquivo
Pesquisa e Inovação

Leilão da tecnologia 5G será no dia 4 de novembro

Anatel aprovou nesta sexta-feira (24) o edital, que deve ser publicado até a próxima segunda-feira (27). O valor econômico ficou em quase R$ 50 bilhões, sendo que parte desse dinheiro deverá ser investido. Com a implantação da infraestrutura de rede, a agência espera R$ 163 bilhões de investimentos nos próximos 20 anos.

Baixar arquivo
Saúde

Capitais têm nível alto de transmissão comunitária do coronavírus

Mas, Fiocruz informa que casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave caíram no Brasil. Uma das justificativas é o aumento da população vacinada contra a covid-19.

Baixar arquivo