Quilombos de SP querem doar alimentos a quem tem fome na capital

Vaquinha virtual quer garantir o envio de 10 toneladas de comida

Publicado em 01/01/2022 - 08:31 Por Eliane Gonçalves - Repórter da Rádio Nacional - São Paulo

Os alimentos produzidos pelos quilombos do Vale do Ribeira, no sul de São Paulo, podem ser doados para comunidades de baixa renda da periferia da capital paulista.

Para isso acontecer, uma vaquinha virtual tenta arrecadar R$ 50 mil para comprar 10 toneladas de alimentos produzidos em roças quilombolas que vão ser entregues às famílias da Favela São Remo, na zona oeste da capital.

A campanha nasceu de uma parceria entre o Museu Afro Brasil e a Cooperquivale, a cooperativa dos quilombos do Vale do Ribeira.

Uma das principais fontes de renda da cooperativa era o fornecimento de merenda escolar. Com a suspensão das aulas, os quilombolas tiveram muito prejuízo.

A saída foi firmar parcerias com a sociedade civil. Antes do Museu Afro Brasil, os quilombolas já tinham se unido à Coalização Negra por Direitos na campanha Tem Gente Com Fome. Desde maio de 2020 já foram doadas mais de 350 toneladas de alimentos.

Para Zeni Florindo dos Santos, do quilombo Ivaporunduva, seu trabalho ganhou ainda mais importância. Segundo ela, o plantio deixou de ser para subsistência e passou a ajudar famílias inteiras.

O Vale do Ribeira concentra o maior número de comunidades remanescentes de quilombos do estado de São Paulo e é nesse território que são cultivados mais de 70 alimentos diferentes como banana, abóbora, feijão, batata doce, etc, num sistema de produção que já foi reconhecido como patrimônio imaterial brasileiro pelo IPHAN.

Tecnologia que Adan Pereira, do quilombo Sapatu, explica como funciona. Segundo ele, a lavoura não destrói a floresta, garantindo a diversidade de produtos numa mesma área, o que diferencia-se da monocultura de grandes fazendas.

Quem quiser participar da campanha pode fazer sua doação pelo site benfeitoria.com, no projeto Dos Quilombos às Periferias: resistência contra fome. As doações a partir de R$ 20 podem ser feitas até o dia 9 de janeiro.

No Brasil, cerca de 19 milhões de pessoas estão passando fome, de acordo com o Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar.

Edição: Raquel Mariano / Guilherme Strozi

Últimas notícias
Saúde

Chegam mais doses da vacina para crianças; estados começam imunização

Chegou ao Brasil neste domingo (16) mais uma remessa da vacina Pfizer para a imunização de crianças a partir de cinco anos. O novo lote, com 1,2 milhão de doses desembarcaram no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, São Paulo, pela manhã.

Baixar arquivo
Saúde

Rio de Janeiro segue testando para covid-19

O  estado do Rio de Janeiro está ampliando sua rede de testagem para Covid. A expectativa do governo é oferecer 5 mil e 800 testes por dia, já a partir desta segunda-feira (17).

Baixar arquivo
Educação

Reaplicação do Enem 2021 termina neste domingo

Hoje (16) é o segundo dia de reaplicação de provas para os candidatos do  Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, 2021 em todo o país. Os estudantes vão responder a 90 questões de ciências da natureza e matemática. 

Baixar arquivo
Saúde

Covid: Rio de Janeiro começa vacinação de crianças nesta segunda

A meta é vacinar cerca de 1,5 milhão de crianças, entre 5 a 11 anos, contra a covid.

Baixar arquivo
Saúde

Estado do RJ registra novo recorde de casos de covid em 2022

Foram confirmados nesta sexta-feira (14) mais de 16 mil casos. Até então, o maior número de diagnósticos positivos neste início de ano tinha sido registrado no dia anterior, com mais de 12.800 ocorrências.

Baixar arquivo
Saúde

Casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave aumentam 135% no Brasil

Os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave no Brasil deram um salto de 135% quando comparadas as três últimas semanas de novembro do ano passado com os últimos 21 dias.

Baixar arquivo