Acidentes de trabalho cresceram 30% em 2021

Foram mais de 561 mil comunicações de acidentes de trabalho

Publicado em 26/04/2022 - 13:31 Por Nelson Lin - Repórter da Rádio Nacional - São Paulo

O número de acidentes de trabalho cresceu 30% em 2021 comparado com o ano anterior de acordo com levantamento feito pelo Observatório de Segurança e Saúde no Trabalho do Ministério Público do Trabalho. Foram mais de 561 mil comunicações de acidentes de trabalho somente em 2021 contra 446 mil no ano anterior. O estado de São Paulo contribuiu com quase 1/3 das notificações no país, 30%.

Parte desse crescimento pode ser explicado pela pandemia, pois o número de comunicações de acidentes no setor hospitalar aumentou 11% comparando os biênios 2018-2019 com 2020-2021.

Mas uma grande preocupação do Ministério Público do Trabalho nesse período é a subnotificação, fato que de acordo com Luciano Leivas, coordenador nacional de Defesa do Meio Ambiente do Trabalho do MPT, tem sido cada vez mais comum com o crescimento da precarização das relações trabalhistas a partir de 2017.

De acordo com Leivas, a subnotificação impede o diagnóstico e a adoção de medidas públicas corretas para prevenir e diminuir que casos ocorram.

O custo econômico dos afastamentos e acidentes de trabalho são enormes. A OIT estima que os gastos no sistema de saúde, além dos custos sociais e previdenciários causam perda aproximada de 4% do PIB ao ano. No Brasil, isso representaria um prejuízo de R$ 350 bilhões anualmente.

Mas Luciano Leivas lembra que, muitas vezes para economizar, o empregador não adota todas as medidas necessárias de prevenção de acidentes do trabalho, fazendo uma conta equivocada que pode gerar custos sociais e humanos mais para a frente.

No próximo dia 28 de abril se celebra o Dia Mundial da Segurança e da Saúde do Trabalho. E o Ministério Público do Trabalho vai iniciar uma campanha para diminuir a subnotificação de acidentes, incentivando os trabalhadores, principalmente os informais, a notificarem acidentes de trabalho junto ao SUS.

Além disso, na próxima conferencia da OIT, prevista para junho, o Ministério Público do Trabalho irá defender que o trabalho seguro e saudável seja incluído como um princípio no direito internacional do trabalho.

Edição: Ana Lúcia Caldas / GT Passos

Últimas notícias
Cultura

Eduardo Giannetti é o novo imortal da Academia Brasileira de Letras

O escritor, professor e economista Eduardo Giannetti tomou posse nesta sexta-feira como o mais novo imortal da Academia Brasileira de Letras. Giannetti ocupa a Cadeira 2, sucedendo ao filósofo e professor Tarcísio Padilha, que faleceu no ano passado.

Baixar arquivo
Justiça

Justiça do Rio mantém prisão de filha acusada de aplicar golpe na mãe

A Justiça do Rio manteve a prisão temporária da atriz Sabine Boghici, acusada de aplicar um golpe milionário na mãe de 82 anos, viúva do colecionador de arte Jean Boghici.

Baixar arquivo
Segurança

Deputado cassado Valdevan Noventa é investigado pela polícia de SP

O ex-deputado federal Valdevan é presidente licenciado do Sindmotoristas, o Sindicato dos Motoristas e Cobradores de ônibus de São Paulo. Ele e outros diretores do sindicato são investigados por extorsão e lavagem de dinheiro.

Baixar arquivo
Economia

Receita Federal regulamenta nova transação para créditos tributários

Uma das novidades é que o desconto máximo dos créditos negociados foi ampliado de 50 para 65%. Além disso, o limite de parcelas para o público geral passou de 84 para 120.

Baixar arquivo
Geral

Defesa Civil reconhece 14 cidades em situação de emergência em MS

A Defesa Civil Nacional reconheceu situação de emergência em 14 cidades de Mato Grosso do Sul por causa de incêndios florestais.

Baixar arquivo
Economia

Anatel prorroga por dois meses a ativação do 5G em 15 capitais

A Anatel decidir mudar o cronograma de ativação do 5G no Brasil. O prazo vai ser prorrogado por até dois meses, porque houve um atraso na importação de equipamentos necessários a instalação da internet 5G.

Baixar arquivo