Azul é notificada por aumento em tarifa de bagagem

Consumidor

Publicado em 05/07/2018 - 08:17 Por Victor Ribeiro - Brasília

A Secretaria Nacional do Consumidor, do Ministério da Justiça, notificou nessa quarta-feira (4) a companhia aérea Azul, pelo reajuste da tarifa por despacho de bagagem. Foi o terceiro desde que a cobrança começou, em junho do ano passado.


A secretaria suspeita que os aumentos violem o Código de Defesa do Consumidor. A empresa tem 10 dias para explicar os reajustes.


Se a Secretaria do Consumidor não ficar satisfeita, pode abrir processo administrativo e multar a Azul em até R$ 9 milhões.


E nesta quinta-feira (5) termina o prazo para a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) se manifestar sobre essa tarifa. O objetivo é saber se a regra é vantajosa para o consumidor, já que foi adotada com a justificativa de que deixaria as passagens aéreas mais baratas.


O desembargador Leonardo Carvalho, do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, em Recife, aguarda o parecer da agência reguladora para decidir sobre o pedido da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para suspender imediatamente a cobrança.


A OAB se manifestou depois que as empresas Azul e Gol reajustaram, as tarifas.


Em nota, a Anac informou que só se pronuncia em juízo. A agência avalia que é cedo qualquer avaliação de impacto da regra sobre o preço das passagens, porque considera que o tempo ideal para fazer essa análise é de cinco anos.


De acordo com a própria Anac, nos primeiros três meses deste ano as companhias aéreas lucraram R$ 370 milhões. Quase três vezes o lucro no mesmo período do ano passado, antes de o despacho de bagagem começar a ser pago.


A Fundação Getúlio Vargas (FGV) e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) constataram que as passagens aéreas subiram, após as novas regras entrarem em vigor.


Entidades de defesa do consumidor foram à Justiça e o Tribunal de Contas da União (TCU) abriu uma auditoria para verificar o impacto da cobrança no valor das passagens.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Educação

Enem 2021 não tem data definida, mas ocorrerá este ano, diz ministro

Após dúvida gerada por portaria publicada nesta semana, Milton Ribeiro garantiu que exame será aplicado, com expectativa de realização em outubro ou novembro deste ano. Inep comunicou que está concluindo cronograma das provas.

Baixar arquivo
Justiça

Campanha do TSE vai combater desinformação sobre urna eletrônica

Sistema digital fez 25 anos nesta semana. No período, segundo o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, nunca houve violação ou fraude comprovada. PEC em tramitação na Câmara quer a volta do voto em papel.

Baixar arquivo
Saúde

Identificada em Manaus a variante do coronavírus do Reino Unido

No Amazonas, a Secretaria de Saúde identificou a variante do coronavírus do Reino Unido em Manaus e agora investiga se houve transmissão comunitária da cepa britânica na região.

Baixar arquivo
Cultura

Painel em grafite homenageia os 100 anos da atriz Ruth de Souza

Primeira brasileira indicada a um prêmio internacional de cinema, a atriz Ruth de Souza, que morreu em 2019, completou 100 anos esta semana e tem recebido merecidas homenagens.

Baixar arquivo
Justiça

Brasil pede para incluir nomes de presos da PF em sistema da Interpol

O Ministério da Justiça quer nome de líderes do crime organizado na Interpol. O Departamento Penitenciário Nacional do Ministério da Justiça pediu à Polícia Federal a inclusão dos presos do Sistema Penitenciário Federal no sistema Difusão Verde da Interpol, a Organização Internacional de Polícia Criminal.

Baixar arquivo
Pesquisa e Inovação

Iniciativa da UFF quer levar neurociência ao cotidiano dos brasileiros

O projeto “Descomplicando as neurociências nas redes” da Universidade Federal Fluminense (UFF) lançou um desafio: encontrar a ciência que existe no cotidiano, onde ela parece não existir. E, mais do que isso, encontrar o cientista que existe em cada um de nós.

Baixar arquivo