Medo do desemprego cresceu em dezembro no país, segundo CNI

Mulheres e pessoas com menor escolaridade são os mais preocupados

Publicado em 07/01/2021 - 20:20 Por Kariane Costa - Brasília

O medo do desemprego voltou a subir em dezembro entre os brasileiros. É o que aponta uma pesquisa da CNI, a Confederação Nacional da Indústria, divulgada nesta quinta-feira.

Entre os mais preocupados estão mulheres, jovens entre 16 e 24 anos, profissionais com baixa escolaridade e moradores de periferia.

O Índice Geral do Medo do Desemprego ficou em 57,1 pontos, acima da média histórica de 50,2 pontos.

Na avaliação do gerente-executivo de Economia da CNI, Renato da Fonseca, esse temor acompanha a crise que enfrenta a economia brasileira.

A taxa de desemprego no Brasil chegou a 14,6% no terceiro trimestre do ano passado, o que corresponde a 14 milhões de pessoas, segundo o último estudo divulgado pelo IBGE.

A pesquisa da CNI também mostra que as mulheres têm um medo muito maior do que os homens de perder o emprego. Para o sexo feminino, o indicador chegou a 64,2 pontos, enquanto para o masculino, 49,4.

Agora, levando em conta o grau de instrução dos entrevistados, o perfil que apresentou nível maior de medo de ficar desempregado é o de pessoas com grau de instrução inferior ao ensino médio, chegando a 59,2 para aqueles que não concluíram o nono ano do ensino fundamental.

Outro índice medido pela CNI é o de Satisfação com a Vida. Esse marcou 70,2 pontos em dezembro de 2020, ficando acima da sua média histórica, de 69,6.

A Confederação avalia que essa sensação de melhora na satisfação com a vida pode estar relacionada tanto à expectativa da chegada da vacina contra a Covid-19, como ao auxílio emergencial, que deu mais segurança econômica às famílias de baixa renda, já que o aumento nesse índice foi maior entre os entrevistados com renda familiar de até dois salários mínimos.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Política

Câmara apresenta novo parecer do texto de reforma do Imposto de Renda

O deputado federal Celso Sabino, do PSDB, apresentou, nesta terça-feira, um novo parecer para o projeto de reforma do Imposto de Renda, apresentado pelo governo federal em junho.

Baixar arquivo
Geral

Chuvas deixam ao menos cinco povoados isolados em Roraima

Defesa Civil do Estado considera imprevisto o volume de chuvas para o período. Estragos atingem cerca de 3 mil pessoas em nove cidades. 

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: Queiroga pede que brasileiros se imunizem com a segunda dose

O Ministro da Saúde esteve na Comunidade da Maré, no RJ, onde foi apresentado um balanço da vacinação em massa contra o coronavírus, neste que é o maior conjunto de favelas da cidade.

Baixar arquivo
Educação

Educação bilíngue de surdos é inserida na LDB da educação nacional

A educação bilíngue é aquela em que a Língua Brasileira de Sinais é considerada a primeira língua, e o português escrito como segunda língua.

Baixar arquivo
Geral

#AprenderParaPrevenir quer alertar sobre riscos de desastres naturais

Com o tema #AprenderParaPrevenir foi lançada, nessa terça-feira, a campanha nacional para conscientizar a população de que é possível reduzir o risco de determinados desastres naturais, como, por exemplo, incêndios florestais.

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: Anvisa autoriza teste do medicamento Leronlimabe

A Anvisa autorizou, nesta segunda-feira, o estudo clínico para avaliar a segurança e a eficácia do medicamento Leronlimabe. A ideia é usar a droga para tratar pacientes com covid-19 e que tenham desenvolvido quadros moderados de pneumonia.

Baixar arquivo