Setor de serviços registra alta em julho, diz IBGE

Publicado em 14/09/2021 - 12:59 Por Cristiane Ribeiro - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

O setor de serviços registrou em julho a quarta taxa positiva seguida, acumulando ganhos de 5,8%, e agora está 3,9% acima do nível pré-pandemia, em fevereiro de 2020, e também no mais alto patamar desde março de 2016.

Em julho, o volume de serviços cresceu 1,1% em relação ao mês anterior. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços, divulgada nesta terça-feira pelo IBGE.

A pesquisa mostra que, na passagem de junho para julho, apenas duas das cinco atividades investigadas pelo IBGE tiveram alta: serviços prestados às famílias e serviços profissionais, administrativos e complementares.

De acordo com o gerente da pesquisa, Rodrigo Lobo, nos serviços prestados às famílias, o avanço foi puxado pelo desempenho dos segmentos de hotéis, restaurantes, serviços de buffet e parques temáticos.

Já nos serviços profissionais, administrativos e complementares, os destaques foram as atividades jurídicas, serviços de engenharia e soluções de pagamentos eletrônicos.

O pesquisador do IBGE ressalta que embora as atividades presenciais tenham crescido em julho, as atividades não presenciais continuam sustentando a recuperação do setor. Segundo ele, os ganhos mais expressivos vêm dos serviços de tecnologia da informação, serviços financeiros, e serviços auxiliares aos transportes e correios.

Os serviços também tiveram altas de 17,8% na comparação com julho do ano passado, de 10,7% no acumulado do ano e de 2,9% no acumulado de 12 meses.

Edição: Ana Lúcia Caldas / GT Passos

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Economia

Caixa inicia pagamento da sexta parcela do Auxílio Emergencial

Saques em dinheiro e transferências bancárias para quem nasceu em maio serão liberados no dia 8 de outubro. Valores podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem.

Baixar arquivo
Economia

Fim de ano pode gerar 94 mil vagas de empregos temporários, diz CNC

O cálculo é da CNC, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo. Economista alerta que a previsão depende do controle da pandemia.

Baixar arquivo
Geral

Correios vão leiloar 61 mil itens que não puderam ser entregues

Regra vale após todas as tentativas de entrega e terminado o prazo de direito à reclamação. Esse prazo varia de sete a 30 dias, conforme prevê o Código de Defesa do Consumidor. Itens vão de R$1.300 a R$ 85 mil.

Baixar arquivo
Educação

Em Curitiba alunos vão escolher entre ensino presencial ou remoto

Na rede pública de Curitiba, os alunos terão que optar pelo modelo presencial tem que respeitar protocolos de segurança.. Sem o modelo de ensino híbrido nas escolas da rede pública municipal de Curitiba, a partir de segunda-feira, as aulas passam a ser 100% presenciais ou 100% remotas.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Governo do RJ cria comitê de segurança hídrica

Baixo volume de chuvas acendeu o sinal de alerta em todo o país e levou o Governo do Estado do Rio de Janeiro a criar a iniciativa para definir um plano de ações na busca de conter os impactos da situação hídrica.

Baixar arquivo
Pesquisa e Inovação

Leilão da tecnologia 5G será no dia 4 de novembro

Anatel aprovou nesta sexta-feira (24) o edital, que deve ser publicado até a próxima segunda-feira (27). O valor econômico ficou em quase R$ 50 bilhões, sendo que parte desse dinheiro deverá ser investido. Com a implantação da infraestrutura de rede, a agência espera R$ 163 bilhões de investimentos nos próximos 20 anos.

Baixar arquivo