Taxa de desemprego no país cai para 8,1%, aponta PNAD

Publicado em 19/01/2023 - 12:21 Por Cristiane Ribeiro - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

A taxa de desemprego caiu pelo segundo trimestre seguido e ficou em 8,1% no período encerrado em novembro, frente aos três meses anteriores, quando havia sido de 8,9%. A taxa apurada em setembro, outubro e novembro deste ano é a menor desde até abril de 2015. Os dados são da PNAD Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), divulgada nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com o levantamento, o número de desempregados ficou em 8,7 milhões, o menor contingente desde o trimestre terminado em junho de 2015. São 953 mil pessoas a menos em busca de emprego no país, na comparação com junho, julho e agosto.

A coordenadora da Pnad, Adriana Beringuy, explicou que a retração da taxa de desocupação no trimestre encerrado em novembro deve-se ao aumento de 0,7% na ocupação no período, que novamente atingiu o maior nível da série histórica da pesquisa, iniciada em 2012. Esse percentual equivale a um acréscimo de 680 mil pessoas no mercado de trabalho.

E acrescentou que a expansão da população ocupada começou com os trabalhadores informais e, depois, do emprego com carteira assinada nos mais diversos grupamentos de atividades, entre eles comércio e indústria. Mais recentemente, houve também aumento nos serviços, que exercem um papel importante na recuperação da população empregada.

A pesquisa destaca, ainda, que houve uma redução de 4,8% no número de desalentados, ou seja, no trimestre encerrado em novembro, 203 mil pessoas resolveram voltar a procurar emprego, em relação ao trimestre anterior.

E outro destaque foi o rendimento médio real, que aumentou 3,0% em relação ao trimestre encerrado em agosto, e que foi estimado em R$ 2.787.

Edição: Leila Santos/Edgard Matsuki

Destaques EBC


Últimas notícias
Economia

G20 busca acordo sobre taxação de super-ricos até novembro

O Grupo que reúne as maiores economias do planeta, a União Europeia e a União Africana pode chegar a um acordo sobre a taxação de super-ricos até novembro.  A informação foi dada pelo ministro da Fazenda, Fernando Haddad, em Washington, onde participa da reunião de Primavera d

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Ação conjunta promove acesso a benefícios sociais no Rio de Janeiro

Uma parceria do Governo Federal com a com organização não governamental Ação da Cidadania, no Rio de Janeiro, propõe acelerar o processo de busca ativa de famílias que têm direito aos programas sociais, mas não recebem os benefícios por falta de conhecimento ou informação.

Baixar arquivo
Esportes

Resultados da segunda rodada do Brasileirão

E vamos falar do Campeonato Brasileiro de futebol, complemento da segunda rodada. Tivemos nesta quarta-feira o Grêmio vencendo o Atlético Paranaense por 2 a 0 em Porto Alegre, em Bragança Paulista. O Bragantino bateu Vasco da Gama por 2 a 1.

Baixar arquivo
Geral

Câmara debate regulamentação trabalhista de motoristas de aplicativos

A Câmara começou a discussão sobre a proposta que regulamenta o trabalho de motoristas de aplicativos. Se reuniu em comissão geral antes do projeto de lei ser analisado na Comissão de Indústria, Comércio e Serviços. E, sempre que se fala sobre isso, a polêmica é grande.

Baixar arquivo
Cultura

Dia Nacional do Livro Infantil: Entrevista com Marcelo Moutinho

O livro nos conduz a novos universos, estimula a imaginação e a criatividade. E para aqueles que se dedicam à  literatura infantil, foi criado o Dia Nacional do Livro Infantil, comemorado em 18 de abril.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Reforma Agrária: a mãe das reformas de base

O Podcast Golpe de 64: Perdas e Danos lança o terceiro episódio da primeira temporada batizada de "Futuro Interrompido". A série que resgata as Reformas Estruturais de Base, propostas pelo ex-presidente João Goulart,  no histórico comício dos 200 mil, na Central do Brasil, no Rio de Janeiro em 13 de março de 1964.

Baixar arquivo