Mais 45 escolas do Rio terão carga horária ampliada ano que vem

Educação

Publicado em 11/11/2017 - 14:15 Por Raquel Júnia - Rio de Janeiro

No ano que vem, mais estudantes vão poder cursar o ensino médio em tempo integral. A Secretaria Estadual de Estado de Educação divulgou que em 2018, a rede estadual vai contar com mais 45 escolas com a carga horária ampliada.

 

A ampliação segue a reforma do ensino médio implementada neste ano pelo governo federal, com aumento da carga horária de matemática, português e inglês e a oferta de uma formação profissionalizante, no caso, em empreendedorismo.  O novo desenho, no entanto, levanta preocupações de especialistas.

 

A professora-pesquisadora da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio da Fundação Oswaldo Cruz, Marise Ramos, especialista em educação profissional no ensino médio, alerta para estudos que tem demonstrado que a educação em tempo integral tem sobrecarregado professores e estudantes quando é associada ao aumento da carga horária das disciplinas convencionais e a formação profissional não acontece de forma integrada.

 

Marise cita o caso do estado de Pernambuco, que tem levantado diversos questionamentos.

 

Ela acrescenta que a ampliação do tempo de disciplinas como português e matemática evidencia que a motivação para a extensão da carga horária é a melhora de desempenho em avaliações de larga escala.

 

Para a professora, a oferta do ensino profissionalizante em empreendedorismo coloca em xeque a propaganda do Ministério da Educação de que os estudantes terão muitas opções de escolha no novo ensino médio.

 

O secretário de Estado da Educação, Wagner Victer, rebate as críticas. Ele defende a escolha do empreendedorismo como itinerário de educação profissional, que segundo ele, vai ser oferecido em parceria com o Sebrae e permite uma formação ampla.

 

O secretário destacou que a rede já oferece outras várias formações em diversas parcerias nas unidades que já funcionam com a carga horária estendida. Em relação aos outros questionamentos,Wagner Victer afirma que a melhora do desempenho nos exames não é a principal preocupação do governo estadual ao ampliar a jornada escolar e que as escolas vão garantir as mesmas condições que já oferecem hoje.

 

Ele destacou o fato de não ter havido nenhum problema de falta de merenda na rede estadual neste ano. Segundo o secretário, a ampliação das escolas de tempo integral não é contraditória com a polêmica reestruturação promovida pela secretaria desde 2016, com fechamento de turmas e escolas, uma vez que não implica novos gastos.

 

De acordo com Wagner Victer, por enquanto não há previsão de contratação de novos professores para as escolas. Com a ampliação, o estado do Rio terá 233 unidades ofertando ensino médio em tempo integral. O número corresponde a cerca de 20%  da rede.

Últimas notícias
Cultura

Em 30 de novembro de 1982, Michael Jackson lançava o álbum Thriller

Disco é citado até hoje como um dos melhores de todos os tempos e foi o álbum mais vendido no mundo, com cerca de 65 de milhões de cópias. Sucesso de público e de mídia, o trabalho rendeu oito Grammys. 

Baixar arquivo
Cultura

Professor da USP traduz cartas de indígenas no Brasil do século XVII

Cartas trocadas entre indígenas do Brasil em tupi antigo, em 1645, foram traduzidas pelo pesquisador e professor da USP, Eduardo Navarro. O contexto era o da disputa entre Portugal e Holanda por terras brasileiras, hoje, o estado de Pernambuco.

Baixar arquivo
Saúde

Estatuto do Câncer torna obrigatório atendimento integral

Dentre os objetivos do estatuto estão o diagnóstico precoce, a informação clara e confiável sobre a doença e o tratamento adequado, bem como humanização da atenção ao paciente e à sua família

Baixar arquivo
Saúde

Rio não tem registro de casos da variante Ômicron no estado

Secretaria de Saúde vai emitir um alerta às vigilâncias municipais para aumento da atenção a casos de viajantes que apresentem quadro de síndrome gripal, com realização de exame PCR, monitoramento e notificação por meio dos canais oficiais.

Baixar arquivo
Educação

Carreta leva artes, ciência e meio ambiente para a população do Rio

O Busão das Artes, com 15 metros de extensão, foi adaptado para receber experimentos interativos científicos e projetos de artes visuais e começou a circular pelas ruas e praças da cidade do Rio de Janeiro.

Baixar arquivo
Segurança

Polícia faz operação para capturar responsáveis por morte de sargento

A ação acontece em comunidades da zona norte do Rio. Os agentes procuram pelos criminosos envolvidos no assassinato do do sargento Jamilton Machado de Assis, atingido, em outubro, por um tiro na cabeça dentro de uma viatura.

Baixar arquivo