Governo do DF recorre de decisão judicial sobre volta às aulas

Para Ibaneis Rocha, muitos fatores precisam ser avaliados

Publicado em 27/10/2020 - 15:03 Por Anna Luisa Praser - Brasília

A Procuradoria-Geral do Distrito Federal recorreu da decisão da Justiça, de ter que reabrir escolas públicas já em novembro desse ano. O recurso foi apresentado nessa segunda-feira (26).

O governador do DF, Ibaneis Rocha, chegou a comentar sobre a determinação emitida pela Vara da Infância e da Juventude, atendendo a pedido do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios.

De acordo com o chefe do executivo do DF, são muitos fatores que precisam ser avaliados antes de reabrir as escolas públicas.

O Sinpro-DF – sindicato dos professores - também se manifestou sobre o tema. Em um vídeo publicado nas redes sociais, a diretora da entidade, Rosilene Corrêa, disse que a categoria foi surpreendida com a decisão.

Esse é mais um capítulo no imbróglio da retomada das aulas presenciais na capital federal e regiões administrativas do Distrito Federal. Desde março, quando as aulas foram suspensas, o DF vem vivendo uma fase de incertezas quanto ao retorno.

A primeira previsão foi ainda em maio, mas por resistência de profissionais da educação e famílias, foi adiada para julho. Um calendário de reabertura das escolas a partir do dia 31 de agosto chegou a ser divulgado.

No entanto, esse planejamento foi suspenso e o próprio governo do Distrito Federal admitiu não ter condições de garantir a segurança de alunos e professores. A questão parecia pacificada quando no início de outubro o GDF bateu o martelo e o secretário de Educação, Leandro Cruz, anunciou que as aulas presenciais só retornariam mesmo em 2021.

Mas agora, o GDF volta à queda de braço judicial para garantir que a reabertura das escolas seja uma decisão administrativa e não judicial.

 

Edição: Joana Lima

Últimas notícias
Política

Governo estuda propor PEC para reduzir preços de combustíveis

Com a mudança constitucional, o governo não seria obrigado a compensar a redução dos impostos sobre combustíveis com a elevação de outros tributos, como determina a Lei de Responsabilidade Fiscal. 

Baixar arquivo
Educação

Enem 2022 vai ocorrer dias 13 e 20 de novembro

As provas do Enem 2022 - o Exame Nacional do Ensino Médio - devem acontecer nos dias 13 e 20 de novembro.

Baixar arquivo
Economia

Paulo Guedes diz que PIB deve crescer em 2022

A declaração do ministro foi feita durante a participação dele no Fórum Econômico Mundial, que acontece em Genebra, na Suíça, no painel sobre as Perspectivas Econômicas Globais.

Baixar arquivo
Esportes

Desafio do técnico do Corinthians é armar meio-campo

Sylvinho descarta Paulinho como 1º volante e vê pressão como natural. Técnico do Corinthians crê que protagonistas do time podem atuar juntos.

Baixar arquivo
Política

Olinda Bolsonaro, mãe do presidente da República, morre aos 94 anos

Após a morte da mãe, na madrugada desta sexta-feira (21), o presidente Jair Bolsonaro (PL) cancelou compromissos em viagem à Guiana – país que faz fronteira com a região Norte do Brasil – e retornou ao país.

Baixar arquivo
Geral

Covid: Na Bahia servidores são afastados por não comprovarem vacinação

O governo da Bahia publicou no Diário Oficial as portarias que orientam o afastamento temporário de 283 servidores de 13 órgãos e secretarias do estado, por não comprovarem a vacinação contra a covid-19.

Baixar arquivo