Escolas e Unicef reforçam ações para diminuir evasão na pandemia

Publicado em quinta-feira, 19 Novembro, 2020 - 17:28 Por Dayana Vitor - Brasília

Você já ouviu falar em Busca Ativa Escolar? Trata-se de uma plataforma gratuita que tem ajudado os gestores municipais a reduzir a taxa de evasão escolar.

O projeto surgiu em 2017, a partir de uma parceria do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), e já conta com a adesão de mais de 3,2 mil prefeituras.

A ideia é ir atrás do aluno que deixou a escola, entender o motivo do abandono, e oferecer condições para que ele volte e continue os estudos.

Segundo dados do último censo escolar do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), em todo o país, no primeiro ano do ensino médio, mais de 9% dos estudantes abandonaram a escola.

Em mais de três anos, 78 mil crianças e adolescentes voltaram às salas de aula por causa do programa. Mas o projeto também registra um elevado número de pessoas que desistiram da sala de aula - quase 300 mil estudantes em todo o país.

O chefe de Educação do Unicef Brasil, Ítalo Dutra, explica que as prefeituras são orientadas na busca dos alunos desistentes por meio de uma plataforma digital.

A coordenadora do programa Busca Ativa Escolar na cidade de Miguel Pereira (RJ), Liliane Doro, lembra que uma ideia bem simples ajudou no retorno de vários alunos às salas de aula.

Agora na pandemia da covid-19, para ajudar os  municípios que fazem parte do programa de Busca Ativa Escolar, foi criado um plano de crise e emergência.

A proposta é baseada em um controle de frequência dos alunos, para que os faltosos sejam acompanhados. Até o momento, mais de 2,5 mil escolas de todo o Brasil já utilizam o mecanismo, segundo o Unicef.

 

Produção: Wesley Cerqueira e Marcela Rabelo

 

Edição: Ana Pimenta

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Ao menos 16 pessoas morrem após queda de ônibus de ponte em MG

31 feridos foram socorridos em hospitais nas cidades de Nova Era e em João Monlevade, sendo que quatro não resistiram e morreram.  Outras 12 pessoas acabaram falecendo no local do acidente. Duas crianças e um adulto em estado grave foram transportados de helicóptero para o hospital João XXIII, em Belo Horizonte.

Baixar arquivo
Geral

Edital de concessão da Cedae será publicado no dia 18 de dezembro

O edital de concessão da Cedae, a Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro, será publicado no próximo dia 18 de dezembro. O valor mínimo de outorga, ou seja, o quanto a iniciativa privada terá que pagar para explorar o serviço, será de R$ 10,6 bilhões.

Baixar arquivo
Saúde

Shoppings do RJ poderão ficar abertos 24h

A prefeitura do Rio de Janeiro e o governo fluminense anunciaram nesta sexta-feira (4) medidas para enfrentar o aumento de casos, óbitos e internações de covid-19 no estado e na capital. A partir de segunda-feira, as escolas municipais voltarão a ser fechadas, e já nesta semana os shoppings e centros comerciais no estado funcionarão durante 24 horas por dia.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Operação em São Paulo combate tráfico de animais silvestres

Um dos principais traficantes do país, conhecido como Zé do Bode, foi preso nesta sexta-feira (4). Ele usava as redes sociais para o comércio ilegal de animais.

Baixar arquivo
Política

Câmara aprova novo programa habitacional: Casa Verde e Amarela

Esse programa substitui o antigo Minha Casa Minha Vida, e a principal diferença entre eles é o financiamento de reformas em residências já construídas e o aumento do valor total dos imóveis que poderão ser financiados. Projeto segue para o Senado.

Baixar arquivo
Justiça

Reeleição para presidências da Câmara e do Senado tem 4 votos a favor

Lewandowski, Alexandre de Moraes e Toffoli acompanharam o voto do relator, ministro Gilmar Mendes. O julgamento, que começou nesta sexta (4) e pode perdurar até dia 14, tem consequências práticas já em 2021, caso os atuais presidentes da Câmara, deputado Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre, ambos do DEM, queiram ser reconduzidos ao cargo.

 

Baixar arquivo