Candidatos relatam falha de acesso a local de prova no sistema do Enem

A uma semana do exame, informação não é liberada para todos

Publicado em segunda-feira, 11 Janeiro, 2021 - 20:51 Por Eliane Gonçalves - São Paulo

Faltando menos de uma semana para o primeiro dia do Enem, o Exame Nacional do Ensino Médio, muitos candidatos ainda não sabem o local em que vão fazer a prova.

Segundo o último balanço divulgado pelo INEP, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, até a quinta-feira passada menos da metade dos estudantes tinha conseguido acessar o Cartão de Confirmação de Inscrição. É nesse cartão que o candidato encontra as orientações oficiais como o local, horário de abertura dos portões e duração da prova.

Oficialmente, a informação está disponível desde o dia 5 de janeiro, mas, segundo o balanço do INEP, dos quase 5,7 milhões de inscritos, pouco mais de 2,7 milhões tinham acessado o documento, cerca de 47% dos candidatos.

Essa é a situação de Anne Caroline Neves, de 21 anos, que disputa uma vaga no curso de medicina da Unifesp, a Universidade Federal de São Paulo. Desde a semana passada ela tenta a informação no site do Inep. Mas só recebe uma mensagem dizendo que a informação vai estar disponível em breve.

Paulo Damata, que mora em Belém, também tenta uma vaga em medicina e está preocupado que, por falta de informações, pode perder um ano inteiro de preparação para a prova.

A situação se repete pelo país afora. Em João Pessoa, na Paraíba, Anna Luiza tenta uma vaga no curso de cinema da Universidade Federal de Pernambuco e, agora, além do conteúdo da prova, também está preocupada com a falta de informação sobre o lugar onde vai ser feito o exame. Para ela, que mora com os pais que fazem parte do grupo de risco da Covid-19, tem sobrado ansiedade.

Todas as pessoas contatadas pela reportagem disseram que tentaram entrar em contato com o Inep ou com o MEC, o Ministério da Educação, por e-mail, telefone ou pelas redes sociais, e em todas as respostas as instituições pedem para aguardar. Foi assim com Anne Caroline.

Nós também tentamos contato para saber o que está causando a dificuldade para os estudantes e qual o prazo para solucionar o problema, e estamos aguardando uma reposta.

Nessa segunda-feira, o Inep decidiu antecipar em meia hora a abertura dos portões. Agora, ao invés de 12h, os estudantes vão poder acessar os locais das provas às 11h30. O horário de fechamento permanece o mesmo: 13h. A mudança foi uma medida de segurança para reduzir aglomerações.

No próximo domingo, dia 17, os estudantes vão fazer as provas de redação, português e ciências Humanas. Na semana que vem, dia 24 de janeiro, matemática e ciências da natureza.

Na sexta-feira passada, a defensoria pública da União recorreu à Justiça pedindo mais um adiamento do Enem em função do novo pico de casos de coronavírus no país. Pelo calendário original as provas deveriam ter sido aplicadas em novembro. A expectativa é de que a Justiça federal decida até essa terça-feira se aceita o recurso ou se mantém a data do exame.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Educação

Rio de Janeiro define como será volta às aulas

No plano de volta às aulas apresentado pela prefeitura, o Rio de Janeiro vai oferecer aulas presenciais e remotas. A previsão é que uma plataforma digital seja lançada para possibilitar que estudantes acompanhem aulas ao vivo de forma remota. 

Baixar arquivo
Geral

Rio de Janeiro tem terceiro maior tempo de viagem no mundo

O Rio de Janeiro (RJ) tem o terceiro maior tempo médio de viagem do mundo, com 67 minutos, segundo pesquisa sobre mobilidade urbana apresentada pela empresa de mobilidade Moovit. O estudo também mostrou que Curitiba (PR) tem a maior distância média percorrida em uma viagem no mundo. 

Baixar arquivo
Política

MP Eleitoral pede ao TSE cassação do governador do Pará

Helder Barbalho e o vice-governador, Lúcio Vale, são acusados de abuso de poder econômico e utilização indevida dos meios de comunicação social na campanha eleitoral de 2018, inclusive com a disseminação de fake news.

Baixar arquivo
Geral

Festa de Iemanjá, em Salvador, não terá público

Um dos mais importantes eventos populares da Bahia, a Festa de Iemanjá vai seguir em 2021 os mesmos moldes adotados para a Lavagem do Bonfim e a Procissão dos Navegantes, ou seja: não terá público.

Baixar arquivo
Cultura

Blocos do Rio lançam campanha Unidos pelo Distancimento

Os tradicionais blocos de rua de carnaval do Rio de Janeiro que todo ano arrasta multidões pela cidade, está mobilizando os foliões para fazer um carnaval diferente: sem aglomerações. A campanha, que recebeu o nome de "Unidos pelo distanciamento social", tem como meta promover o distanciamento social e evitar um aumento repentino de casos de Covid-19 durante o período. 

Baixar arquivo
Segurança

MP apura se governo de RO fraudou leitos para manter plano de abertura

De acordo com o Ministério Público, no início de janeiro teria ocorrido a inclusão indevida de 30 leitos do Hospital de Campanha da Zona Leste, que nunca estiveram disponíveis por falta de médicos. Em outra ocasião, o relatório apresentava leitos disponíveis, mas 30 pacientes aguardavam na fila por uma vaga de UTI no estado

Baixar arquivo