Inep: 99,3% das escolas brasileiras suspenderam aulas presenciais

Pandemia fez parte das instituições ajustarem ano letivo de 2020

Publicado em 08/07/2021 - 17:55 Por Ariane Póvoa - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

99,3% das escolas brasileiras de educação básica suspenderam as atividades presenciais durante a pandemia. Para enfrentar questões pedagógicas relacionadas a essa suspensão, parte das instituições precisou ajustar a data do término do ano letivo de 2020.

Na rede particular, o cronograma previsto foi seguido por 70% das escolas. Já na rede pública de ensino, pouco mais de 53% das escolas conseguiram manter o calendário.

As informações são de um levantamento divulgado nesta quinta-feira (8) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

A pesquisa Resposta educacional à pandemia de covid-19 no Brasil foi aplicada entre fevereiro e maio de 2021, por meio de um questionário suplementar, durante a segunda etapa do Censo Escolar 2020.

Segundo o Inep, os dados são fundamentais para a compreensão das consequências da pandemia no sistema educacional brasileiro e também para a elaboração de estratégias e políticas de enfrentamento dos impactos da crise sanitária no ensino e na aprendizagem.

O percentual de escolas brasileiras que não retornaram às atividades presenciais no ano letivo de 2020 foi de 90,1%, sendo que, na rede privada, esse percentual foi de 70,9%. Nesse contexto, o levantamento aponta que mais de 98% das escolas do país adotaram estratégias não presenciais de ensino.

Na comparação com outros países, o levantamento revela que o Brasil teve um período expressivo de suspensão das atividades presenciais.

A média no país foi de 279 dias suspensos durante o ano letivo de 2020, considerando escolas públicas e privadas.

Dados da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) mostram que países vizinhos, como Chile e Argentina, registraram 199 dias sem aulas presenciais entre 11 de março de 2020 e 2 de fevereiro de 2021.

No México, foram 180 dias de paralisação, enquanto no Canadá, 163 dias. França e Portugal contabilizaram menos de um trimestre de aulas suspensas.

Mais informações sobre o levantamento estão disponíveis em gov.br/inep.

Edição: Jéssica Gonçalves/ Renata Batista

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

Fiocruz vai entregar nova remessa de vacinas contra covid nesta sexta

O carregamento, somado aos lotes liberados nesta semana, alcança um total de 4,6 milhões de doses.

Baixar arquivo
Esportes

Confira os resultados de quinta-feira (23) no futebol

Na Série B do Campeonato Brasileiro, o CSA derrotou o Botafogo por 2 a 0. Na Copa Sul-Americana, o Athletico Paranaense foi até o Uruguai e venceu o Peñarol  por 2 a 1 na primeira partida das semifinais.

Baixar arquivo
Saúde

Pesquisadores descobrem vírus parecido com o da covid-19 em morcegos

Ele foi descoberto justamente durante uma pesquisa para tentar desvendar a origem do Sars-Cov-2, que se transformou na pior pandemia dos últimos tempos.

Baixar arquivo
Geral

SIMU: sistema une dados públicos sobre mobilidade urbana

O portal do Ministério do Desenvolvimento Regional, lançado nesta quinta-feira dentro da Semana Nacional de Mobilidade, une dados públicos de diversas fontes como o IBGE, Agência Nacional do Petróleo e Gás e Datasus.

Baixar arquivo
Política

Comissão da Câmara aprova substitutivo à PEC da Reforma Administrativa

Foram 28 votos favoráveis e 18 contrários. O texto retoma vários pontos da proposta encaminhada pelo governo ao Congresso Nacional, em setembro do ano passado.

Baixar arquivo
Esportes

Brasil avança para quartas de final na Copa do Mundo de Futsal

Nas quartas de final, os brasileiros vão enfrentar a seleção de Marrocos, no próximo domingo (26), às 10h, horário de Brasília, na cidade de Vilnius, na Lituânia.

Baixar arquivo