Cresce o número de alunos com deficiência matriculados nas escolas

Desafios são debatidos neste Dia de Luta pela Educação Inclusiva

Publicado em 14/04/2023 - 12:50 Por Carolina Pessoa - repórter da Rádio Nacional - Brasília

O número de alunos com deficiência matriculados em escolas públicas e privadas têm crescido no Brasil. De acordo com o último Censo Escolar da Educação Básica, em 2022 eram quase 1,3 milhão de estudantes, e a maior parte tem deficiência intelectual, seguida de pessoas com autismo e deficiência física.

No Dia Nacional de Luta pela Educação Inclusiva, esses números são celebrados, mas professores, especialistas, e responsáveis ainda encontram desafios para se chegar a uma verdadeira inclusão. Entre os problemas apontados estão principalmente a recusa de matrícula em razão da deficiência.

Liege Margo, professora na rede pública estadual em Foz do Iguaçu, disse que foi constrangida pela presença de sua filha, Laura, em uma sala de aula comum, depois do período de isolamento social. A menina, de oito anos, tem Síndrome de Down.

“A Laura retornou de forma presencial para escola e em apenas dois meses e meio de aula, foi considerada, pela equipe da Educação Especial da Secretaria Municipal de Foz do Iguaçu, inapta a acompanhar a turma. Essa mesma equipe nos sugeriu que a Laura fosse matriculadaem uma turma especial ou na APAE”.

A Secretaria Municipal da Educação de Foz do Iguaçu afirmou em nota que não houve recusa de vaga à filha de Liege, apenas uma sugestão de que a criança fosse encaminhada a uma escola especializada. A Secretaria também disse que Laura  atualmente está integrada ao colégio e é acompanhada por equipes pedagógicas, que a auxiliam dentro e fora de sala de aula. Mas de acordo com Liege, a situação só foi resolvida depois que ela entrou em contato com algumas associações:

“Eu me reuni com outras ativistas e nós buscamos a FEPASD, que é a Federação Paranaense das Associações de Síndrome de Down, e posteriormente a FBASD, que é a federação brasileira. Nós organizamos manifestos que foram enviados à Secretaria Municipal de Educação e de Direitos Humanos daqui de Foz do Iguaçu”.

Ana Cláudia Mendes de Figueiredo, advogada e ativista em prol dos direitos das pessoas com deficiência ressalta que esse tipo de exclusão não é permitida pela legislação brasileira. Ela destaca que uma das mais importantes leis voltadas para a educação inclusiva é a LBI, Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência, publicada em 2015.

“A LBI é, sem dúvida, muitíssimo importante, principalmente porque ela confirma o direito de todas as pessoas com deficiência, sem exceção, estudar em uma escola comum. Ela confirma também o dever do Estado Brasileiro de assegurar um sistema educacional inclusivo em todos os níveis”.

Ana Cláudia também destaca que, ao perceber a violação de algum dos direitos das pessoas com deficiência deve a família, ou a própria pessoa com deficiência já adulta, devidamente orientada, ajuizar uma ação judicial buscando o cumprimento de algumas das leis que garantam os seus direitos.

 

Radioagência Nacional traz duas reportagens especiais sobre os desafios da educação inclusiva no Brasil. As matérias serão publicadas nos dias 14 e 15 de abril. Esta é a primeira reportagem (veja a relação completa abaixo):

  1. Cresce o número de alunos com deficiência matriculados nas escolas
  2. Entenda os direitos de crianças com deficiência no ambiente escolar (no ar em 15 de abril)

 

*Ficha técnica das reportagens especiais:

Reportagem: Carolina Pessôa

Edição: Tâmara Freire

Publicação na Radioagência Nacional: Beatriz Albuquerque e Nathália Mendes

Edição: Tâmara Freire / Beatriz Albuquerque

Últimas notícias
Saúde

OMS: Vacinas salvaram 154 milhões de vidas em 50 anos

Os esforços globais de imunização têm sido fundamentais, salvando aproximadamente 154 milhões de vidas nos últimos 50 anos, conforme indicado por um estudo conduzido pela Organização Mundial de Saúde (OMS), revelado recentemente.

Baixar arquivo
Economia

Reforma tributária: Haddad leva texto da regulamentação ao Congresso

O documento tem mais de 300 páginas e 500 artigos com as regras do novo sistema de cobrança de impostos. Ele substitui cinco impostos por dois, um federal e um para estados e municípios.

Baixar arquivo
Política

Congresso Nacional adia análise de vetos presidenciais

A ideia é dar mais tempo para os líderes do governo e da oposição entrarem em acordo para a votação.

Baixar arquivo
Internacional

Presidente de Portugal reconhece culpa pela escravidão no Brasil

O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, admitiu que seu país tem responsabilidade pelos crimes da era colonial, como tráfico de pessoas na África, massacres de indígenas e saques de bens.

Baixar arquivo
Geral

Preso, Chiquinho Brazão fala no Conselho de Ética da Câmara por vídeo

Brazão, acusado de ser um dos mandantes do assassinato da vereadora Marielle Franco, está preso há um mês e é alvo de pedido de cassação apresentado pelo PSOL.

Baixar arquivo
Segurança

CCJ da Câmara aprova lei que permite aos estados decidirem sobre armas

Pelo projeto de lei, os estados poderiam decidir sobre a posse e o porte de armas. Parlamentares favoráveis à proposta acreditam que diferenças estaduais precisam ser respeitadas. Já os contrários, afirmam que regras sobre armas devem ser definidas por uma lei nacional. Base do governo aponta inconstitucionalidade da medida.

Baixar arquivo