Quase mil itens foram esquecidos no Metrô DF neste ano

Publicado em 23/03/2015 - 14:50 Por Leandro Martins - Brasília

É comum esquecer documentos, roupas, bolsas e óculos. Mas você já imaginou que alguém possa esquecer vaso sanitário, porta de casa, dentaduras, artigos de sex shop e até bicicleta no metrô? Pois alguns desses objetos ainda estão à disposição no Posto Central de Objetos Achados e Perdidos da Companhia do Metropolitano do DF, na estação Galeria, do Setor Comercial Sul.

 

No ano passado, mais de 3 mil itens foram recolhidos nos trens do metrô entre relógios, chaves, aparelho celular, capacete de moto e até carrinho de bebê. Este ano, já foram catalogados cerca 900 artigos esquecidos.

 

Maria de Lourdes Galvão, supervisora do Posto, explica que os objetos são encontrados, em sua maioria as estações terminais. A pessoa dorme no trajeto e acorda assustada porque tem que descer. O índice de devoluções é de aproximadamente 70%.

 

Sonora

 

Documentos relacionados ao transporte público, como cartões de acesso aos veículos, são encaminhados aos órgãos expedidores. Ao achar um objeto, o passageiro deve entregá-lo a um servidor do Metrô-DF.

 

Para ter o objeto de volta a pessoa precisa descrever as características e o local da perda. Os objetos ficam guardados durante seis meses. Após esse prazo, eles são doados a entidades de caridade do DF. O restante é descartado.

 

O Posto Central de Objetos Achados e Perdidos funciona, de segunda a sexta feira, das 7h às 19h. Mais informações pelo telefone 3353 7337.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Governo vai expandir possibilidade de sinal de rádio FM

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, assinou nesta quinta-feira (13) uma portaria, junto com o presidente Jair Bolsonaro, para regularizar o serviço de retransmissão de rádio.

Baixar arquivo
Saúde

Rio registra aumento de leitos hospitalares pela 1ª vez em 10 anos

Após a perda de 16 mil leitos hospitalares, apenas entre 2011 e 2019, o Rio de Janeiro viu, em 2020, pela primeira vez, aumento no registro de vagas nas unidades de saúde.

Baixar arquivo
Política

Pesquisa DataSenado faz mapeamento de como a pandemia afetou o ensino

Estudante do oitavo ano do ensino fundamental em Brasília, Arthur Cardoso relata os desafios que tem enfrentado desde que as escolas fecharam, por consequência da pandemia do novo coronavírus.
 

Baixar arquivo
Saúde

Planos de saúde devem cobrir teste rápido de Covid-19

Os planos de saúde são obrigados a cobrir os testes sorológicos para a Covid-19. A medida foi aprovada pela Diretoria da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), por unanimidade, em reunião nesta quinta-feira (13).

Baixar arquivo
Economia

Governo lança aplicativo eSocial Doméstico para empregadores

A partir de agora o eSocial  tem aplicativo para celulares. Com a medida, empregadores poderão realizar registro do empregado e gerenciamento da folha de pagamento pelo celular.

Baixar arquivo
Política

Saúde diz que usou 48% dos recursos destinados ao combate à pandemia

O Ministério da Saúde gastou 48% dos recursos destinados exclusivamente para o combate à pandemia da Covid-19, informou o ministro interino da pasta, Eduardo Pazuello, durante audiência pública realizada nesta quinta-feira (13) no Congresso Nacional.

Baixar arquivo