Presidente do STJ nega liberdade a procurador denunciado pela Lava Jato

Liminar

Publicado em 19/07/2017 - 11:32 Por Nadia Faggiani - Brasília

Em decisão liminar, a presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Laurita Vaz, negou pedido de liberdade ao procurador da República Ângelo Goulart Vilela.


Ele foi denunciado, no âmbito da Lava Jato, por suposto recebimento de dinheiro em troca de ajuda ao Grupo J&F, nas investigações da Operação Greenfield, que investiga irregularidades em fundos de pensão.


Confira os detalhes na matéria de Nadia Faggiani.

Últimas notícias
Geral

Prefeitura do Rio faz acordo com empresas de ônibus e mantém tarifa

Em reunião realizada na última sexta-feira, ficou acordado que a prefeitura vai assumir a bilhetagem e pagar um subsídio às empresas com base na quilometragem rodada, e não mais com base no número de passageiros transportados

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Pessoas aptas para adoção são 8 vezes mais do que crianças disponíveis

Mas, série de exigências desses país mantém 4.104 crianças e adolescentes no país sem uma nova família

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: estado de emergência termina oficialmente neste domingo

A situação de emergência começou em fevereiro de 2020, antes que o surto de covid se transformasse em pandemia

Baixar arquivo
Saúde

Brasileiro diagnosticado com varíola dos macacos está em isolamento

O paciente tem 26 anos. Saiu de Portugal, passou pela Espanha e entrou na Alemanha

Baixar arquivo
Justiça

Justiça nega pedido de habeas corpus do ex-vereador Dr. Jairinho

A defesa pediu que sua prisão fosse substituída por monitoramento eletrônico. O ex-vereador está preso desde abril do ano passado, acusado da morte do menino Henry Borel, de 4 anos.

Baixar arquivo
Economia

Rio de Janeiro terá primeira planta de geração de hidrogênio verde

O estado do Rio de Janeiro terá a primeira planta para geração de hidrogênio verde no país.

Baixar arquivo