À Justiça, Paes diz que não teve conhecimento sobre pagamento de propina durante sua gestão

Depoimento à Justiça

Publicado em 09/03/2018 - 11:38 Por Ícaro Matos - Rio de Janeiro

O ex-prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes disse que não tinha conhecimento e nem recebeu denúncias sobre pagamento de propinas em obras municipais durante a sua gestão. A declaração foi dada nessa quinta-feira (8), em depoimento ao Juiz da Sétima Vara Federal Criminal do Rio Marcelo Bretas.


O ex-prefeito depôs como testemunha de defesa do ex-secretário municipal de Obras Alexandre Pinto, que é acusado por executivos da Carioca Engenharia de ter recebido propina em obras como as do BRTs, TransCarioca e TransBrasil. As denúncias são investigadas nas operações Rio 40 Graus e Mãos à Obra, desdobramentos da Lava Jato no Rio que apuram um suposto esquema de corrupção na prefeitura da capital.


No depoimento, Paes também afirmou que teria demitido o ex-secretário se tivesse recebido denúncias sobre o envolvimento dele com corrupção, mas, ao ser perguntado se acreditava na inocência de Alexandre Pinto, o ex-prefeito respondeu que a Justiça é que terá que decidir sobre isso.


Paes disse ainda que nomeou Alexandre Pinto para o cargo de secretário de Obras por ele ser um quadro técnico da prefeitura e disse que o trabalho dele no comando do órgão foi satisfatório porque entregou muitas obras.


O ex-prefeito também afirmou que se os órgãos de controle responsáveis por fiscalizar as obras feitas pela prefeitura para a Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada de 2016 não encontraram irregularidades, não seria ele, que não é especialista no assunto, que encontraria.


Na saída, ao ser questionado pela imprensa sobre a situação das lideranças do PMDB do Rio, que eram seus aliados e atualmente estão presos, como é o caso do ex-governador Sérgio Cabral e do presidente licenciado da Assembleia Legislativa do Rio, Jorge Picciani, Paes disse apenas que a Justiça está tomando as decisões que acha adequada.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Cultura

ONU anuncia mais 175 livros infantis para Clube de Leitura ODS

A ONU tem um desafio a ser cumprido até 2030: são os objetivos do desenvolvimento sustentável. E esse assunto também deve ser conhecido pelas crianças. Foram anunciadas as 175 obras escolhidas para aumentar o Clube de Leitura dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Baixar arquivo
Esportes

Atlético-MG recebe São Paulo neste domingo no Mineirão

Atlético-MG e São Paulo precisam concentrar forças para o Campeonato Brasileiro. Galo e Tricolor passaram por dificuldades nas duas primeiras rodadas e perderam pontos que podem ser preciosos no fim da competição.

Baixar arquivo
Geral

Ministério de Direitos Humanos lança campanha contra trabalho infantil

12 de junho é o Dia Internacional e Nacional de Combate ao Trabalho Infantil. No Brasil, é ilegal qualquer tipo de trabalho realizado por crianças ou adolescentes com menos de 16 anos, independentemente da finalidade ou remuneração.

Baixar arquivo
Geral

Criminoso mais procurado do Rio é morto em ação da Polícia Civil

A Polícia Civil do Rio de Janeiro capturou neste sábado (12) Wellington da Silva Braga, conhecido como Ecko, chefe da maior milícia em atividade do

Baixar arquivo
Esportes

Seleção venezuelana confirma 12 casos positivos para covid-19

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou que foi notificada pela Confederação Sul-americana de Futebol, a Conmebol, nessa sexta-feira (12), de que 12 integrantes da seleção venezuelana de futebol, entre

Baixar arquivo
Geral

Queiroga diz que todos os brasileiros devem ser vacinados este ano

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, assegurou neste sábado (12), que todos os brasileiros com mais de 18 anos deverão estar vacinados contra a covid-19 até o final deste ano.

Baixar arquivo