STF amplia recursos para candidaturas femininas; ministros também homenageiam Marielle Franco

Financiamento

Publicado em 15/03/2018 - 21:41 Por Victor Ribeiro - Brasília

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) prestaram homenagens à Marielle Franco durante a sessão plenária desta quinta-feira (15).

 

A presidente da Corte, Cármen Lúcia, destacou que Marielle foi a vereadora mais votada em 2016. A ministra enfatizou que o preconceito atinge mulheres em todos os setores da sociedade e lembrou do artigo 5º da Constituição, que estabelece a igualdade perante as leis.

 

 

O ministro Luís Roberto Barroso, que nasceu no interior do Rio de Janeiro, declarou que a luta por justiça e igualdade não pode parar. E apontou fatores que podem explicar a violência no estado, como a desigualdade e a corrupção. 

 

E o ministro Gilmar Mendes chamou os membros do Poder Judiciário a agir para punir quem comete crimes contra a vida.

 

Antes mesmo do assassinato de Marielle e do motorista Anderson Gomes, o Supremo já havia pautado para a sessão plenária desta quinta-feira a discussão sobre uma regra criada na minirreforma eleitoral de 2015. A lei determinava que partidos deveriam reservar uma fatia do Fundo Partidário para financiar candidaturas de mulheres. E estabelecia os limites mínimo de 5% e máximo de 15% para o financiamento.

 

Por 8 votos a 2, os ministros entenderam que os recursos devem ser distribuídos pelos partidos igualitariamente entre homens e mulheres. Pelo menos 30% dos recursos devem ser reservados para as candidatas.

 

A presidente do Supremo, Cármen Lúcia, acredita que ampliar o limite de financiamento pode melhorar a qualidade das candidaturas femininas.

 

A ministra Rosa Weber considerou a cota fundamental para aumentar a representatividade feminina. Ela avaliou que, quando dependem de indicações políticas, as mulheres sempre perdem espaço.

 

Dos 11 ministros do Supremo, somente duas são mulheres. 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Política

Congresso vai promulgar reforma eleitoral nesta terça-feira

A proposta que altera as regras para as eleições precisa ser convertida em emenda constitucional até o dia 2 de outubro, para valer para o próximo pleito.

Baixar arquivo
Esportes

Brasil leva títulos em circuito mundial de tênis em cadeira de rodas

A competição é organizada pela Federação Internacional de Tênis, vale pontos para o ranking internacional da modalidade e contou com a participação de cerca de 60 atletas.

Baixar arquivo
Esportes

Confira os resultado de segunda-feira (27) no futebol

Na Série B, do Campeonato Brasileiro, o Vasco venceu o Goiás por 2 a 0. Na classificação, o time cruzmaltino subiu para a sétima colocação com 40 pontos.

Baixar arquivo
Política

Veto que permitia despejos na pandemia é derrubado pelo Congresso

Estão proibidos os despejos até 31 de dezembro deste ano. A proibição veio com a derrubada do veto presidencial nesta segunda-feira pelos deputados e senadores.

Baixar arquivo
Economia

Participação da Petrobras no preço da gasolina é de cerca de R$ 2

Empresa é responsável por 34% do valor final do preço da gasolina; já no litro do diesel, a parcela da estatal é de R$ 2,49, equivalente a 52%. No botijão de 13kg do gás de cozinha, a participação fica em R$ 46,90, correspondente a 48% do preço.

Baixar arquivo
Economia

Pedro Guimarães dá detalhes sobre linha de crédito Caixa Tem

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, foi o entrevistado dessa segunda-feira do programa “A Voz do Brasil”

Baixar arquivo