Mudanças para tirar a CNH já estão valendo

Trânsito

Publicado em 16/09/2019 - 14:53 Por Dayana Vítor - Brasília

As mudanças para tirar a carteira de motorista em todo o Brasil começaram nesta segunda-feira (16). O número de horas-aula para obter a CNH na categoria B diminuiu e o uso de simular passa a ser facultativo.

 

Essas modificações constam em resolução do Contran - o Conselho Nacional do Trânsito - e poderão tornar os preços dos cursos de formação de condutores mais acessíveis.

 

O especialista em legislação do trânsito, Celso Mariano, acredita que os preços dos cursos já estejam mais baratos.


O diretor do Sindicato das Auto Escolas de São Paulo, Magnelson Carlos de Souza, está preocupado com a formação dos motoristas, mas avalia que as mudanças na CNH poderão aumentar a procura pelos cursos nas autoescolas.


Agora, quem pretende ter habilitação na categoria B, para dirigir carros de passeio, deverá fazer 20 horas-aula práticas e uma hora de aula noturna. Antes, eram 25 horas de aulas de direção e cinco à noite.


Já para a categoria A, condução de motos, são 20 horas-aula práticas, sendo uma noturna. Antes eram necessárias, quatro horas à noite para conseguir a carteira nesse tipo de veículo.


A resolução também prevê que a partir desta segunda-feira (16) até setembro de 2020, quem tirar habilitação para dirigir ciclomotores, aqueles veículos de duas rodas com motor, como as mobiletes; poderá fazer apenas uma prova teórica. Só haverá necessidade de passar também por aulas práticas, se o candidato for reprovado.


O uso do simulador passa a ser facultativo para os candidatos a categoria B. Aqueles que desejarem poderão fazer cinco horas-aula no equipamento.


Apenas no Rio Grande do Sul, as novas regras para obter a CNH não estão valendo, pois o Tribunal Regional Federal da 4ª Região acatou pedido do Sindicato dos Centros de Formação de Condutores do estado para barrar as modificações.

Últimas notícias
Saúde

RJ: Casos de dengue aumentam 177% nos cinco primeiros meses deste ano

A capital fluminense concentra a maioria dos registros da doença, mas as regiões Noroeste e Norte apresentam alta transmissão, de acordo a Secretaria de Estado de Saúde.

Baixar arquivo
Economia

Ministério de Minas e Energia diz que estoque de diesel dura 38 dias

Se a importação desse combustível fosse suspensa, seria possível atender à demanda durante 38 dias, com esses estoques e a produção nacional.

Baixar arquivo
Economia

Eletrobras lança oferta de ações em mais um passo para privatização

A Eletrobras apresentou os documentos necessários para realizar a operação, com a qual a estatal espera movimentar mais de R$ 30 bilhões.

Baixar arquivo
Cultura

Começa o São João no Maranhão, a previsão é de 60 dias de festa

Os últimos meses foram de ensaios, muito trabalho nos ateliês dos grupos de Bumba Meu Boi e outras manifestações culturais do Maranhão.

Baixar arquivo
Economia

Pesquisa: mais de 20 milhões de pessoas poderiam trabalhar remotamente

Pesquisa do Ipea, Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, divulgada nesta sexta-feira, estima que mais de 20 milhões de trabalhadores no Brasil estão em ocupações que poderiam ser realizadas remotamente.

Baixar arquivo
Geral

Brasil já registra 17 mil divórcios em cartórios neste ano

No ano passado, foram concluídas mais de 80 mil separações consensuais. Este é o maior número desde 2007, quando uma lei federal permitiu a formalização do divórcio diretamente em cartórios.

Baixar arquivo