Operação Solércia investiga irregularidades em contratos na educação do Pará

Operação Solércia

Publicado em 18/06/2020 - 14:35 Por Anna Luísa Praser - Brasília

A Polícia Federal cumpre, nesta quinta-feira (18), 15 mandados de busca e apreensão no Pará e em São Paulo, no âmbito da operação Solércia.

 

A ação, em conjunto com a CGU- controladoria Geral da União e a Receita Federal, mira o governo paraense e apura irregularidades em contrato com empresas fornecedoras de produtos alimentícios.  Há indícios de que o esquema tenha sido organizado por grandes empresários desse setor.

 

A investigação teve início depois de a imprensa noticiar fraudes em contratos feitos pela secretaria de educação paraense, em março deste ano, com valores superiores a R$70 milhões de e firmados por meio de dispensa de licitação.

 

Os contratos chegaram a ser cancelados, mas as buscas revelaram que a empresa contratada fazia parte de um grupo formado por três instituições, em nome de possíveis laranjas e que prestam serviços ao governo do Pará há pelo menos cinco anos. 

 

Nesse período, os pagamentos recebidos pelo grupo, inclusive com recursos do SUS, somam mais de R$50 milhões.

 

Se comprovadas as irregularidades, os suspeitos podem responder a crimes previstos na Lei de Licitações, falsidade ideológica, associação criminosa, corrupção passiva e ativa e peculato.

Últimas notícias
Direitos Humanos

Câmara aprova MP que abre crédito para doar alimentos a quilombolas

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira a medida provisória que abre crédito extraordinário de R$ 167,2 milhões para o Ministério da Cidadania distribuir cestas de alimentos à população quilombola. A matéria segue para o Senado.

Baixar arquivo
Geral

Defesa Civil de São Paulo emite alerta para ressaca marítima

São esperadas ondas de até 4 metros de altura, em todo o litoral do estado de São Paulo.  A recomendação é que os banhistas evitem a prática de esportes aquáticos ou que utilizam o vento, como surf, windsurf e kitesurf.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Defensoria Pública e Conectas denunciam violência na Cracolândia em SP

A Defensoria Pública de São Paulo e a organização não-governamental Conectas Direitos Humanos encaminharam nesta semana à Comissão Interamericana de Direitos Humanos um pedido de proteção para a população em situação de rua e de usuários de drogas que vive na chamada Cracolândia, na capital paulista.

Baixar arquivo
Política

Governo Federal deve cortar mais R$ 10 bilhões dos ministérios

E para um possível reajuste de 5% a categorias do funcionalismo público como policiais rodoviários federais e agentes penitenciários será necessário um novo corte de mais R$ 7 bilhões nas despesas. 

Baixar arquivo
Economia

Congresso debate importância do petróleo na transição energética

A redução das emissões de carbono no setor de óleo e gás foi um dos assuntos abordados nesta quinta-feira no Congresso Mercado Global de Carbono – Descarbonização & Investimentos Verdes.

Baixar arquivo
Geral

Podcast Entrevista é Nacional: a luta contra o abuso sexual infantil

A campanha Maio Laranja é um incentivo ao combate ao abuso e à exploração sexual infantil no Brasil.  A presidente do Instituto Infância Protegida, Raquel Vieira de Andrade Oliveira, fala da importância de conscientizar toda sociedade para evitar situações que colocam as crianças em risco

Baixar arquivo