Pará endurece restrições contra disseminação do coronavírus

Restrição de horários de funcionamento e lei seca estão entre medidas

Publicado em 28/01/2021 - 21:01 Por Kariane Costa - Brasília

O governo do Pará anunciou nesta quinta-feira uma série de medidas para conter a disseminação do coronavírus no estado.

O carnaval está cancelado e as praias e balneários paraenses vão ficar fechados ao público nos fins de semana.

Estão proibidas aglomerações com mais de 10 pessoas em locais públicos, mas permitidas reuniões em locais privados, como residências ou empresas, de até 50 pessoas.

Bares e casas de shows estão impedidos de funcionar. Restaurantes podem receber no máximo a metade de clientes da capacidade. Bebidas alcoólicas só poderão ser consumidas até 22h.

Instituições públicas vão funcionar das 9h às 13h. As aulas nas escolas públicas continuam suspensas; nas privadas, pode ser feito rodízio de alunos em dias e turnos e o ensino remoto continua liberado.

O Pará enfrenta um aumento de casos. Segundo o governador do estado, Helder Barbalho, as medidas que estão sendo tomadas são para evitar a necessidade de um lockdown.

Barbalho disse ainda acreditar que a nova variante do coronavírus encontrada no Amazonas já esteja no Pará, devido à proximidade dos dois estados.

O Pará já teve até agora mais de 325 mil casos da covid-19. 7.564 pessoas morreram vítimas da doença no estado.

Últimas notícias
Economia

Setor de serviços cresce 0,7% na passagem de maio para junho, diz IBGE

Com isso, se encontra 7,5% acima do nível pré-pandemia, de fevereiro de 2020, mas ainda 3,2% abaixo do ponto mais alto, conquistado em novembro de 2014.

Baixar arquivo
Saúde

Ingerir álcool durante a gravidez pode causar síndrome alcoólica fetal

Mesmo que seja baixa a quantidade de álcool ingerida pela futura mãe, ainda existe o risco da doença,  que pode trazer consequências gravíssimas para o feto e recém-nascidos.

Baixar arquivo
Economia

Quase metade dos brasileiros fazem "bicos" para ampliar renda

Pesquisa aponta que quase q metade dos brasileiros com 16 anos de idade ou mais precisaram fazer atividades extras nos últimos 12 meses para complementar sua renda.

Baixar arquivo
Saúde

Maranhão registra primeiro caso de varíola dos macacos

O paciente, um homem de 42 anos, com comorbidades, está internado com quadro clínico estável.

Baixar arquivo
Economia

IBGE prevê safra recorde de 263,4 milhões de toneladas em 2022

O Brasil deve produzir, em julho, 263 milhões e 400 mil toneladas de cereais, leguminosas e oleaginosas. Um recorde! A estimativa está no Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, divulgado nesta quinta-feira pelo IBGE.

Baixar arquivo