Caminhoneiros de Minas continuam em protesto por preço de combustível

Eles pedem a revisão de impostos e da política de preços da Petrobras

Publicado em 26/02/2021 - 21:29 Por Gésio Passos - Brasília

Continua o protesto dos caminhoneiros em Minas Gerais contra o preço do combustível, pela revisão de impostos e a mudança da política de preço da Petrobras. O movimento começou nessa quinta-feira (26) e já provoca falta de combustível nos postos de Belo Horizonte.

O advogado Felipe Ferro conta a dificuldade de encontrar combustível na capital mineira.

O caminhoneiro Frederico Carvalho trabalha no transporte de minério de ferro. Ele também aderiu a paralisação iniciada pelos colegas que transportam combustíveis.

José Roberto Stringasci, diretor da Associação Nacional de Transporte no Brasil, afirma que o movimento deve ganhar corpo no país enquanto a taxação dos combustíveis e a política de preços da Petrobras não for alterada.

O presidente Jair Bolsonaro anunciou, na semana passada, que isentaria apenas o diesel de imposto federal por dois meses. Mas a proposta ainda não foi oficializada.

O governo federal ainda encaminhou ao Congresso uma proposta que unifica a cobrança do ICMS, que é um imposto estadual, sobre o combustível em todo país, garantindo um valor fixo por litro.

Desde o início do ano, a Petrobras já aumentou os preços dos combustíveis cinco vezes. No caso do diesel, os aumentos nas refinarias foram de 11%. No caso da gasolina, os preços subiram 20%.

A estatal diz que a política de preço dos combustíveis segue o preço do petróleo no mercado internacional, que acompanha a variação da cotação do dólar.

Procurado, o governo de Minas Gerais ainda não se manifestou sobre a paralisação dos caminhoneiros e o pedido de redução do ICMS sobre o combustível no estado.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

Fiocruz alerta: é preciso ação compartilhada no combate à covid

Uma nota técnica da  Fiocruz alerta para a importância de decisões compartilhadas e coordenadas entre governo federal, estados e municípios para melhorar o fluxo de atendimentos para os pacientes com a covid -19.

Baixar arquivo
Geral

Indígenas denunciam troca de ouro por vacina para garimpeiros em RR

Ministério da Saúde investiga o caso. Se a suspeita se confirmar, profissionais de saúde do Distrito Sanitário Especial Indígena Yanomami podem ser desligados.

Baixar arquivo
Geral

Governo volta a suspender regra do tempo máximo de atendimento em SAC

Cliente deveria esperar até 60 segundos para falar com atendente, mas Ministério da Justiça acabou com essa exigência por 120 dias em função da pandemia do novo coronavírus.

Baixar arquivo
Saúde

Campanha com a Turma da Mônica defende a importância das vacinas

Instituto Butantan, Sanofi Pasteur e Turma da Mônica se unem em campanha de apoio à vacinação. “Vacinação, Vida e Saúde de Montão”, esse é o nome da nova aventura da Turma da Mônica, do desenhista Maurício de Souza.

Baixar arquivo
Educação

Pais devem monitorar escolha de plataforma de aulas online por escolas

Especialista alerta para falhas de segurança e exploração de dados. Episódio recente de exibição de vídeo pornográfico para alunos do 6º ano do ensino fundamental demonstra importância de unidade de ensino se preocupar com o tema.

Baixar arquivo
Educação

Primeira turma com currículo do novo ensino médio se forma

São 198 alunos que cursaram eletrotécnica em um projeto piloto do Sesi e do Senai - mais de 80% deles originários de escolas públicas. Estudantes falam sobre empregabilidade após conclusão da etapa de ensino.

Baixar arquivo