MP cobra na Justiça pagamentos atrasados em Conselhos Tutelares do RJ

Publicado em 04/03/2021 - 17:16 Por Lígia Souto - Rio de Janeiro

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP/RJ) reforçou o pedido à Justiça para o arresto de recursos dos cofres da prefeitura. O objetivo é fazer com que o Executivo municipal pague os salários atrasados de funcionários terceirizados que atuam nos conselhos tutelares da cidade.

Por falta de pagamento e outros problemas de infraestrutura, várias unidades que prestam assistência a crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social fecharam as portas. Nesses locais, o atendimento ao público está sendo feito apenas por telefone.

O presidente da Associação dos Conselheiros Tutelares do Município, Sérgio Roque, relata preocupação com os prejuízos no atendimento da população infanto-juvenil.

No pedido, o Ministério Público determina que o valor do arresto deve ser suficiente para o pagamento direto dos salários aos terceirizados. O MP/RJ também pede o restabelecimento de serviços interrompidos e a garantia de benefícios, como recarga dos cartões RioCard, além do fornecimento de insumos básicos para o regularizar o funcionamento dos Conselhos, incluindo material de limpeza e higiene, equipamentos de proteção individual e água potável.

Por falta de condições de trabalho, mais quatro conselhos tutelares decidiram aderir a paralisação do atendimento presencial nessa quarta-feira. Com isso, subiu para nove o número de unidades com atividades suspensas, de um total de 19 espalhadas pelo município.

O Conselho Tutelar de Vila Isabel, na zona norte carioca, está entre eles. A conselheira Ana Carolina Loureiro afirma que, diante da situação da sede, não restou outra solução senão suspender os atendimentos presenciais.

Diante desse cenário, a Câmara de Vereadores do Rio decidiu convocar uma audiência pública para discutir o tema e buscar soluções. A reunião está marcada para o próximo dia 17, no plenário da Casa. 

A reportagem entrou em contato com a prefeitura para saber se há previsão de restabelecer a situação orçamentária, e consequente reabertura dos conselhos, mas não obteve retorno. 

Últimas notícias
Direitos Humanos

Corpo de Dom Phillips é velado em Niterói, no Rio de Janeiro

Durante o velório, um pronunciamento foi lido pela irmã do jornalista. Sian Phillips destacou os motivos que levaram Dom a ser assassinado e selou um compromisso de continuar o trabalho dele.

Baixar arquivo
Saúde

Navio hospitalar atenderá comunidades ribeirinhas do Pantanal

Até o dia 3 de julho, o Navio de Assistência Hospitalar Tenente Maximiano vai percorrer os 520 quilômetros no trecho sul do Rio Paraguai para atendimentos médicos e odontológicos.

Baixar arquivo
Educação

Covid: Fiocruz reafirma importância de manter aulas presenciais

A Fundação Oswaldo Cruz enfatiza que é necessário ter disponibilidade de testes para covid-19 na comunidade escolar e recomenda que seja dada prioridade à vacinação com doses de reforço aos trabalhadores da educação.

Baixar arquivo
Cultura

Cem anos do rádio no Brasil: a Rádio Nacional

Não é possível contar a história do rádio no Brasil, sem mencionar a Rádio Nacional. Entre os anos 1940 e 1950, a emissora foi responsável por inesquecíveis programas, formatos e profissionais de nosso rádio.

Baixar arquivo
Geral

Acidente com avião de pequeno porte deixa três mortos em SP

Um avião de pequeno porte caiu em Salto do Pirapora no interior de São Paulo. Depois da queda, a aeronave pegou fogo. Três pessoas morreram no acidente. O piloto, a esposa e uma funcionária do casal. O corpo de bombeiros foi acionado pouco antes do meio-dia e trabalhou no resgate. 

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Multas ambientais são convertidas em insumos para proteção de animais

São equipamentos como mesa de atendimento veterinário, ultrassonografia, terapia a laser e a construção de recintos de voo, utilizados para tratamento e reabilitação dos animais.

Baixar arquivo