Inmetro explica como comprar presente do Dia das Mães com segurança

Selo garante que produtos passaram por testes de qualidade

Publicado em 06/05/2021 - 19:13 Por Luísa Câmara - Estagiária da Rádio Nacional* - Brasília

Contagem regressiva para o Dia das Mães. Com a chegada de uma data tão celebrada, o comércio se movimenta para atrair clientes. Aí vem aquela dúvida por parte dos consumidores: quais cuidados são necessários na hora de comprar um produto?

De acordo com o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), os produtos elétricos são os mais vendidos nessa data. O consumidor precisa prestar atenção se o item escolhido tem o selo de Identificação Inmetro na embalagem, o que garante a segurança da mercadoria.

Hércules Souza, chefe da Divisão de Verificação e Estudos Técnicos do Instituto, orienta o consumidor a evitar o comércio informal, pois esses produtos não são submetidos a testes de qualidade. Souza explica que existem vários selos que classificam os produtos elétricos.

“Alguns eletrodomésticos, como aspiradores de pó, secador de cabelo, liquidificador, exibem também um selo ruído do Inmetro que informa a potência sonora do aparelho. Essa informação é classificada de A a E, possibilitando que se compre um produto mais silencioso”.

E para quem gosta de presentar a mãe com roupas, é bom ficar atento. As peças também devem ter a certificação do Inmetro. Neste caso, Hércules Souza chama a atenção para as informações da etiqueta.

“É importante que o consumidor esteja atento à etiqueta do produto, ela tem todas as informações necessárias pro consumidor, que vão dos dados do fabricante até questões envolvendo a composição têxtil, cuidado de conservação. Essas informações têm que estar sempre em português. Essa orientação que permite que o consumidor faça uma compra segura”.

Se a opção for comprar presente ou algum serviço pela internet, é importante buscar sites confiáveis, verificar a data de entrega e sempre exigir nota fiscal.

No caso de comprar cosméticos ou perfumes, não se esqueça de verificar se o produto tem autorização da Anvisa.

 

 

*Com supervisão de Sheily Noleto

** Reportagem atualizada às 16h55 do dia 07/05/2021 para correção de informações.

Edição: Sheily Noleto/ Sumaia Villela

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Educação

SP quer retomar aulas presenciais em agosto

A secretaria de educação do estado de São Paulo quer retomar aulas presenciais a partir de agosto sem estabelecer limites de ocupação nas escolas.

Até agora, o limite máximo de alunos em sala de aula é de 35% dos estudantes matriculados.

Baixar arquivo
Geral

576 moradias são entregues para pessoas de baixa renda no RJ

Ao todo, 576 moradias foram entregues nesta quarta-feira (16) para  famílias de baixa renda da cidade de Nova Iguaçu, na baixada fluminense. 

Baixar arquivo
Pesquisa e Inovação

Novo produto pode substituir óleo de palma na indústria, aponta tese

Uma pesquisa de doutorado da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) revelou o potencial do óleo da polpa do tucumã como alternativa ao tradicional óleo de palma, o mais utilizado no mundo em produtos alimentícios industrializados e que tem provocado a destruição de flor

Baixar arquivo
Política

Comissão da reforma administrativa aprova convite a Paulo Guedes

A Comissão Especial da Câmara, criada para discutir a PEC da Reforma Administrativa, aprovou nesta quarta-feira (dia 16), convite ao ministro da Economia, Paulo Guedes.

Baixar arquivo
Saúde

Alcântara (MA) chega à marca de 100% de vacinados

A cidade histórica de Alcântara (MA) atingiu, nesta quarta (16), a marca de 100% da população adulta vacinada contra a covid-19, com pelo menos uma dose.

Baixar arquivo
Saúde

Começou o pré-cadastro de voluntários para testar ButanVac

O Instituto Butantan começou a fazer o pré-cadastro de voluntários para testar a vacina ButanVac. Os testes da nova vacina contra covid-19 vão ser feitos no Hospital das Clínicas na cidade de São Paulo e no Hospital das Clínicas, de Ribeirão Preto, no interior do estado.

Baixar arquivo