SP: Tribunal de Contas faz vistoria em obras paradas no estado

Publicado em 21/10/2021 - 20:20 Por Eliane Gonçalves - Repórter da Rádio Nacional - São Paulo

O Tribunal de Contas fez uma vistoria surpresa em obras paradas no estado de São Paulo. E o que se viu foram escolas e creches abandonadas, prédios de unidades de saúde que ficaram pela metade e estruturas de água e esgoto que já deveriam ter sido entregues, mas nunca foram concluídas.

Das 150 obras fiscalizadas, mais da metade, pelo menos 74, não estavam apenas paradas, mas também expostas a intempéries e sujeitas a sofrerem danos a ponto de precisarem ser reconstruídas.

É o caso da escola do Jardim Europa, na pequena cidade de Emilianopólis, no extremo oeste do estado. Segundo o TCE a obra está parada há muito tempo e precisa ser refeita. A construção da escola é resultado de um convênio entre a prefeitura, no mandato de Agamenon Pereira da Silva, do PSDB, e a Secretaria de Educação do governo do estado.

Até junho de 2019, já tinham sido repassados, segundo a prefeitura, R$ 560 mil para a construção, mas desde 2016, a obra está parada. Segundo o advogado da prefeitura da cidade, Emir Ferreira, o governo do estado já foi informado que o município não tem condições de concluir a construção.

Já a Secretaria de Educação do Estado disse que a prefeitura foi denunciada ao Ministério Público por ter concluído apenas um terço da obra e que um novo convênio entre a Secretaria e a Fundação para Desenvolvimento da Educação está sendo elaborado para dar continuidade à obra, com o orçamento no valor de R$ 5 milhões.

As obras vistoriadas nessa quinta-feira são apenas uma parte das que estão interrompidas. Um levantamento feito pelo tribunal mostrava que até o dia 13 de outubro, o governo do Estado e os municípios tinham, juntos, 641 obras paradas. Juntas, elas representam o investimento de mais de R$ 11 bilhões.

A fiscalização focou nos empreendimentos nas áreas da Saúde, Educação e Infraestrutura de 114 cidades, incluindo a capital paulista. 140 agentes foram escalados para o trabalho e chegaram aos locais sem aviso prévio.

A vistoria marca a retomada das fiscalizações do Tribunal de Contas do Estado, desde que começou a pandemia.

Segundo o Tribunal de Contas, as prefeituras e o governo do estado vão ser notificados e precisam prestar esclarecimentos sobre as obras fiscalizadas.

Edição: Roberto Piza - Beatriz Arcoverde

Últimas notícias
Saúde

Brasil já tem 5 casos confirmados da variante Ômicron

Dos casos confirmados aqui no país, três são em São Paulo e dois no Distrito Federal. São quatro homens e uma mulher.

Baixar arquivo
Saúde

Fiocruz vê tendência de alta de casos de síndrome respiratória grave

Crescimento está sendo notado em 13 das 27 unidades da federação; destes, os que mais chamam a atenção dos especialistas são Pará, Ceará e Rio de Janeiro.

Baixar arquivo
Política

PEC dos Precatórios é aprovada no Senado

Os precatórios são dívidas da União com empresas e pessoas que ganharam ações definitivas na justiça. A proposta aprovada pelo Senado limita o valor a ser gasto anualmente com essas despesas e muda a forma de cálculo do teto de gastos. Proposta ainda precisa voltar à Câmara.

Baixar arquivo
Educação

Prazo para solicitar a reaplicação da prova do Enem termina amanhã

Candidatos podem pedir a reaplicação até às 23h59 desta sexta; os nomes dos participantes aptos a fazerem a prova em nova data serão divulgados na própria Página do Participante.

Baixar arquivo
Saúde

Prefeitura do Rio vai rever ampliação de exigência de cartão de vacina

Segundo o prefeito Eduardo Paes, houve "exagero" na ampliação de locais onde devem ser apresentados comprovante de vacinação contra a covid-19.

Baixar arquivo
Saúde

São Paulo suspende festa de Réveillon na Paulista

A vigilância sanitária da capital paulista fez um estudo de riscos e orientou a cancelar a festa do dia 31 de dezembro. Além disso, o prefeito decidiu manter a obrigatoriedade no uso de máscaras em lugares públicos. O uso seria abolido no próximo dia 11.

Baixar arquivo