INSS faz parcerias para projeto piloto de perícias a distância

Publicado em 13/01/2022 - 15:25 Por Sayonara Moreno - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Com 1,8 milhão de pessoas na fila de espera do INSS para realizar uma perícia médica, o Instituto vai começar um teste de perícias médicas por teleavaliação.

O projeto piloto deve durar 90 dias e vai acontecer por meio de uma parceria do Ministério do Trabalho e Previdência com dez prefeituras. São elas: Francisco Morato, em São Paulo; Minas Novas, em Minas Gerais; Vassouras, no Rio de Janeiro; e o município gaúcho de Santo Augusto. No Nordeste participam os municípios Olhos D'Água das Flores, em Alagoas; Corrente, no Piauí; e Botas de Macaúbas, na Bahia. Além de Pedro Gomes, no Mato Grosso do Sul; Ji Paraná, em Rondônia; e Lábrea, no Amazonas.

Os municípios que estão no projeto piloto têm população entre 10 mil e 15 mil habitantes e não possuem perícia médica presencial. Isso faz com que os moradores se desloquem para outras cidades, caso precisem do serviço.

Com a implementação do teste de teleavaliação, os funcionários de cada prefeitura entram em contato com os segurados com perícia agendada em outra cidade e oferecem a possibilidade de fazer a perícia remotamente, na sede da Prefeitura.

A assinatura do termo de cooperação técnica com as prefeituras ocorreu nesta quinta-feira, na sede do Ministério do Trabalho e Previdência, com a presença do ministro titular da pasta, Onyx Lorenzoni.

Segundo ele, o projeto é uma forma de desafogar a fila de pessoas que aguardam uma perícia médica, já que a demanda da população é muito superior à oferta de somente 4 mil peritos do INSS. Com o projeto piloto, Lorenzoni espera que pelo menos 85% das demandas sejam resolvidas à distância.

A portaria da perícia médica por teleavaliação já está publicada no Diário Oficial da União e cumpre uma decisão do Tribunal de Contas da União, devido ao enfrentamento da pandemia. O órgão determinou que o INSS experimentasse a modalidade de perícia online, porque na época da decisão, em julho de 2021, já era alto o número de pessoas na fila que aguardavam por uma perícia médica necessária para a concessão do Benefício de Prestação Continuada a pessoas com deficiência, o BPC.

Edição: Sâmia Mendes - GT Passos

Últimas notícias
Saúde

Chegam mais doses da vacina para crianças; estados começam imunização

Chegou ao Brasil neste domingo (16) mais uma remessa da vacina Pfizer para a imunização de crianças a partir de cinco anos. O novo lote, com 1,2 milhão de doses desembarcaram no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, São Paulo, pela manhã.

Baixar arquivo
Saúde

Rio de Janeiro segue testando para covid-19

O  estado do Rio de Janeiro está ampliando sua rede de testagem para Covid. A expectativa do governo é oferecer 5 mil e 800 testes por dia, já a partir desta segunda-feira (17).

Baixar arquivo
Educação

Reaplicação do Enem 2021 termina neste domingo

Hoje (16) é o segundo dia de reaplicação de provas para os candidatos do  Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, 2021 em todo o país. Os estudantes vão responder a 90 questões de ciências da natureza e matemática. 

Baixar arquivo
Saúde

Covid: Rio de Janeiro começa vacinação de crianças nesta segunda

A meta é vacinar cerca de 1,5 milhão de crianças, entre 5 a 11 anos, contra a covid.

Baixar arquivo
Saúde

Estado do RJ registra novo recorde de casos de covid em 2022

Foram confirmados nesta sexta-feira (14) mais de 16 mil casos. Até então, o maior número de diagnósticos positivos neste início de ano tinha sido registrado no dia anterior, com mais de 12.800 ocorrências.

Baixar arquivo
Saúde

Casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave aumentam 135% no Brasil

Os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave no Brasil deram um salto de 135% quando comparadas as três últimas semanas de novembro do ano passado com os últimos 21 dias.

Baixar arquivo