Lagoa Mundaú: desastre da Braskem atinge pescadores

Publicado em 05/12/2023 - 08:45 Por Gésio Passos - Repórter da Rádio Nacional - Maceió

Parte dos peixes e mariscos sempre presentes no prato dos moradores de Maceió tendem a desaperecer. Tainha, bagre, mandim, camurim, mororó, sururu, maçunim, siri e caranguejo, que habitam a Lagoa Mundaú, na capital alagoana, correm risco de não serem mais pescados.

Na última sexta-feira (1º), a Capitania dos Portos, órgão da Marinha, proibiu o tráfego de embarcações em grande parte da Lagoa Mundaú devido aos riscos de desabamento da mina nº 18 de exploração de sal-gema pela Braskem.

Desde o começo da crise com afundamento das minas, iniciada em 2018, é a primeira vez que as atividades de pesca são proibidas.

A situação trouxe desespero para ao menos 500 pescadores da região, que já vinham sofrendo com a assoreamento da lagoa e a poluição.

Mauro Santos, presidente da Colônia de Pescadores da Zona 4, que circula a área isolada pela exploração da Braskem, fala que a produção do pescado vem diminuindo nos últimos 10 anos. Por isso, a demanda emergencial dos pescadores é que se paga um auxílio ou seguro defeso que permita a sobrevivência.

A pescadora e marisqueira Andreza Santos afirma que a situação da pesca piorou nos últimos anos. Ela diz que com a proibição da pesca na lagoa, está indo para locais mais distantes para trabalhar.

Andreza afirma que o colapso das Minas da Braskem afeta não só pescadores, mas todos os moradores do entorno da Lagoa. 

Mauro Santos diz que a maioria dos pescadores vive ao redor da Lagoa do Mundaú e, por medo, pede a realocação dos Flexais, comunidades no bairro de Bebedouro. 

No final de semana, a prefeitura de Maceió começou a entrega de cestas básicas que, para os pescadores, ainda é insuficiente.

Nesta segunda-feira (4), a prefeitura se reuniu com o Ministério da Pesca para solicitar o seguro defeso para os pescadores atingidos pela ação da Braskem.

Em nota, a Braskem informou que está em construção um centro de apoio aos pescadores e píer, tendo sido seus projetos discutidos com representantes da Colônia de Pescadores Z4 e a Federação dos Pescadores. A empresa também reconhece ainda a condição de isolamento social dos moradores das comunidades dos Flexais.

A Braskem ainda afirma que o diagnóstico ambiental independente e demais estudos realizados demonstram que não há impacto na qualidade da água ou restrição à atividade pesqueira decorrente das atividades da empresa.

Na segunda-feira, o Ministério Público Federal  e de Alagoas e a Defensoria Pública da União expediram uma recomendação para que a Braskem, em 5 dias, garanta auxílio-financeiro para pescadores e marisqueiros atingidos pela interdição da Lagoa Mundaú.

Edição: Rádio Nacional/ Marizete Cardoso

Últimas notícias
Geral

Mega Sena sorteia R$185 milhões neste sábado

Ainda dá tempo de fazer uma “fezinha” e tentar faturar o prêmio de R$185 milhões da Mega Sena, que acumulou mais uma vez nesta semana.

Baixar arquivo
Cultura

Choro é reconhecido como Patrimônio Cultural do Brasil

Representado por músicas como Carinhoso, de Pixinguinha, e Brasileirinho, de Waldir Azevedo, entre tantas outras, o choro é um gênero genuinamente brasileiro. E, para o músico Marcio Marinho, talvez seja o gênero que "dê mais fisionomia" ao nosso povo

Baixar arquivo
Saúde

Rio convoca responsáveis para vacinação de crianças contra a dengue

Cidade aplicou até agora mais de 25 mil doses, o que corresponde a menos de 20% das 140 mil recebidas. Secretaria antecipou vacinação das crianças de 11 anos, por causa da baixa procura pelo imunizante 

Baixar arquivo
Economia

Haddad comemora crescimento do PIB acima do esperado

Segundo ministro, a expectativa do governo é que, em 2024, o crescimento fique em 2,2%. Para ele, o desafio atual é incentivar os investimentos

Baixar arquivo
Justiça

STF julga pagamento de indenizações a vítimas de balas perdidas

Ação teve início com a morte de Vanderlei Conceição de Albuquerque, em 2015, num tiroteio no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro. O relator, ministro Edson Fachin, votou pelo pagamento de indenização e de pensão vitalícia aos familiares de Vanderlei

Baixar arquivo
Geral

Rio de Janeiro, 459 anos: histórias de quem chegou e se apaixonou

No aniversário da Cidade Maravilhosa, conheça histórias de quem não nasceu no Rio de Janeiro, mas se apaixonou pela cidade e faz questão de declarar o seu amor

Baixar arquivo