Mortes violentas na Amazônia são 45% mais altas que média nacional

Publicado em 02/12/2023 - 04:00 Por Eliane Gonçalves - Repórter da Rádio Nacional - São Paulo
Atualizado em 02/12/2023 - 11:32

A taxa de mortes violentas na Amazônia é 45% mais alta que a média nacional.

No ano passado, o Brasil registrou cerca de 23 mortes violentas intencionais, para cada grupo de 100 mil habitantes.

Já na região da Amazônia Legal, foram quase 34 mortes para cada por 100 mil. Uma taxa 45% mais alta.

Os dados são do Fórum Brasileiro de Segurança Pública e do Instituto Mãe Crioula, a partir dos números informados pelas secretarias estaduais de Segurança Pública e do IBGE.

A violência é generalizada. Todos os crimes tiveram resultados piores na Amazônia que no restante do país: homicídios, feminicídios, homicídios contra indígenas, estupros e registros de armas.

Nas áreas consideradas urbanas, a diferença é ainda maior, com índices de violência 52% acima das cidades do restante do país.

A taxa de feminicídio nos municípios amazônicos é mais de 30% superior que a média nacional. Somados aos casos de homicídios dolosos, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte, o índice fica 34% acima da violência contra mulheres registrada no país.

De acordo com o relatório, cerca de 1/3 dos moradores da Amazônia Legal vive em áreas conflagradas pela disputa de facções criminosas e isso tem relação com a ampliação da população carcerária.

Em dez anos, a taxa de pessoas privadas de liberdade na Amazônia Legal cresceu 67%, enquanto a média nacional o crescimento foi de 43%.

Segundo o levantamento, o desmatamento, conflitos fundiários, a mineração ilegal e a disseminação de facções criminosas que atuam especialmente no narcotráfico explicam o aumento da violência que acontece há cerca de uma década e ameaçam especialmente povos indígenas, ribeirinhos e quilombolas.

Edição: Roberto Piza / Pedro Lacerda

Últimas notícias
Segurança

Agentes da Força Nacional reforçam buscas por fugitivos em Mossoró

Mais de 500 polícias de diversas forças compõem a força tarefa de buscas por Rogério da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento. Os dois usaram ferramentas de uma obra que era realizada no presídio para fugir. 

Baixar arquivo
Política

Há 92 anos as mulheres conquistavam o direito de votar no Brasil

No Brasil também há uma legislação que determina cota mínima de gênero para candidatura nas eleições legislativas. 

Baixar arquivo
Geral

Polícia Federal prende suspeito por tentar invadir Palácio da Alvorada

O presidente Lula estava dentro da residência oficial no momento no incidente 

Baixar arquivo
Direitos Humanos

MDHC rechaça fake news sobre tráfico de crianças na Ilha do Marajó

O Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania divulgou nota alertando para a propagação de fake news com denúncias sobre a exploração sexual e o tráfico de crianças na Ilha do Marajó, no Pará.

Baixar arquivo
Esportes

Justiça Desportiva pune Sport por ataque a ônibus do Fortaleza

A decisão do presidente do tribunal, José Perdiz, reconheceu que o Sport, como clube mandante da partida, não se comprometeu com a segurança dentro e fora do estádio. Yuri Romão, presidente do clube, lembrou de casos recentes de ataques a ônibus de adversários que não tiveram a mesma punição 

Baixar arquivo
Geral

Terminal Gentileza é inaugurado no Rio

O terminal vai conectar os serviços do mais novo corredor de BRT, o Transbrasil, com o VLT e linhas de ônibus municipais. O nome do terminal faz referência a José Datrino, o Profeta Gentileza, que ficou conhecido por pinturas com mensagens em colunas de viadutos no Rio

Baixar arquivo