Prefeitura do Rio suspende show de Bruno Mars em outubro

Publicado em 10/05/2024 - 09:14 Por Priscila Thereso - repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

Sem anunciar novas datas para os shows do cantor, compositor, dançarino e multi-instrumentista americano Bruno Mars no Rio de Janeiro, o prefeito Eduardo Paes assegurou que as apresentações vão sim acontecer na cidade. A garantia foi dada através de uma postagem nas redes sociais, na noite desta quinta-feira (9).

A venda de ingressos foi suspensa também na quinta, após a Prefeitura confirmar que não houve autorização para os shows, 4 e 5 de outubro, às vésperas das eleições municipais, no domingo, dia 6.

De acordo com o governo municipal, o processo eleitoral exige uma mobilização muito grande de servidores, incluindo as forças policiais e Guarda Municipal.

Em nota, o Tribunal Regional Eleitoral reforçou que não é possível abrir mão de nenhum tipo de efetivo disponível para as eleições de outubro, e agradeceu a decisão da Prefeitura do Rio em não autorizar o evento. 

A produtora responsável pelos shows de Bruno Mars no Brasil informou que o problema com as datas já está sendo solucionado e que mais informações serão divulgadas em breve.

Também em nota, o Procon estadual afirmou que vai solicitar informações à produtora, que já tinha comercializado ingressos, quanto às medidas que deverão ser adotadas depois da suspensão dos shows de Bruno Mars. Segundo o Procon, se forem identificadas irregularidades, a empresa poderá responder a processo e ser multada. 

Aos fãs que adquiriram ingressos para os dias 4 e 5 de outubro, o presidente do Procon-RJ, Cássio Coelho, informou que podem optar pelo ressarcimento integral do valor pago, receber um crédito para uso em outro evento ou o ingresso para a nova data remarcada.

Os consumidores que se sentirem prejudicados também podem registrar a reclamação individualmente, no site www.procon.rj.gov.br ou pelo WhatsApp de denúncias: (21) 98104-5445.

Edição: Vitoria Elizabeth - Marizete Cardoso

Últimas notícias
Cultura

Machado de Assis, 185 anos e cada vez mais atual

“A cada momento, a cada leitura, ele parece estar escrevendo para nós. Para pessoas que surgem depois do desaparecimento físico do autor”, afirma Antonio Carlos Secchin, atual ocupante da cadeira 19 da Academia Brasileira de Letras, que foi fundada por Machado de Assis.

Baixar arquivo
Cultura

Adélia Prado vence Prêmio Machado de Assis

Essa é a mais importante honraria da Academia Brasileira de Letras e uma das mais tradicionais do país. O prêmio celebra os mais de 20 livros publicados pela escritora mineira.

Baixar arquivo
Economia

Intenção de consumo das famílias cresce 0,5% em junho

A tendência é de alta nos três últimos meses, segundo pesquisa da CNC. O crescimento se deu principalmente entre as famílias com renda abaixo de 10 salários mínimos.

Baixar arquivo
Geral

Cai o número de trabalhadores sindicalizados no Brasil

Dados divulgados pelo IBGE mostram que, em 2023, apenas 8,4% dos mais de 100 milhões de ocupados eram associados a algum sindicato.

Baixar arquivo
Saúde

Brasil bate recorde de casos de dengue e número de mortes pela doença

O Brasil bateu o recorde histórico com mais de seis milhões de casos prováveis de dengue em 2024.

Minas Gerais e São Paulo concentram cerca de 60% desses registros.

Baixar arquivo
Educação

Seis universidades federais encerram greve

Os docentes aceitaram o reajuste salarial somente para os próximos anos:  9%, em 2025; e de 3,5%, em 2026.  

Baixar arquivo