Nigéria: mais de 300 estudantes são raptadas no noroeste do país

Publicado em 26/02/2021 - 17:24 Por Paloma Varon, Rádio França Internacional - Paris

Centenas de adolescentes nigerianas foram capturadas em um pensionato na noite de quinta-feira (25) para sexta-feira (26). As alunas da escola de Jangebe, no estado de Zamfara, foram levadas por um grupo de homens armados, segundo as autoridades locais.

De acordo com Sulaiman Tunau Anka, porta-voz do governo local, o grupo chegou ao estabelecimento em veículos e obrigou as meninas a saírem com eles. O número exato de estudantes sequestradas ainda não é conhecido, mas um professor afirma que 600 adolescentes estavam nos dormitórios no momento do ataque e apenas 50 foram encontradas. Ele também acrescentou que algumas meninas "podem ter escapado". A polícia esteve no local "em busca dos criminosos", disse o representante do governo.

O rapto das adolescentes é o último de uma série ocorrida no centro e no noroeste da Nigéria por grupos armados, chamados localmente de "bandidos." Eles aterrorizam a população, roubam rebanhos e saqueiam os vilarejos. Há apenas nove dias, por exemplo, um bando invadiu um pensionato em Kagara, no estado do Níger, onde 42 pessoas, entre elas 27 alunos, foram capturados.

O presidente nigeriano, Muhammadu Buhari, lançou uma operação de resgate das vítimas e o governo está negociando com os criminosos, segundo as autoridades do país. As quadrilhas visam principalmente ganhar dinheiro, mas algumas se aliaram a grupos jihadistas presentes na região.

É o caso do bando que fez de refém um grupo de 344 alunas de um pensionato da cidade de Kankara, no estado de Katsina, associado ao Boko Haram. Elas acabaram sendo liberadas depois de uma semana de negociações. No dia 9 de fevereiro, o chefe do grupo armado, Awwalun Daudawa, responsável pelo rapto, se entregou às autoridades em troca de um acordo de anistia.

Em 2014, o Boko Haram também sequestrou mais de 200 estudantes em Chibok, no nordeste do país. Em fevereiro  de 2018, os jihadistas também capturaram 105 meninas de uma escola. Um mês depois, todas foram liberadas, exceto a única cristã do grupo, Lea Sharibu.

Últimas notícias
Educação

Piso salarial dos professores aumenta 33% e passa para R$ 3.845

O piso salarial dos professores da rede pública vai passar de R$ 2.886 para R$ 3.845, um aumento de 33,24%. Esse é o valor mínimo que o profissional deve receber no país.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Mais de 1.600 pessoas foram resgatadas de trabalho escravo em 2021

Em comunicado divulgado nesta quinta-feira (27), o Ministério Público do Trabalho informou que recebeu 1.415 denúncias de trabalho escravo, aliciamento e tráfico de trabalhadores no ano passado, número 70% maior que em 2020.  

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Rio de Janeiro registra 40ºC nesta quinta-feira (27)

Para os próximos dias a previsão é que as temperaturas fiquem um pouco mais amenas devido a chegada de uma frente fria, nesta sexta-feira (28).

Baixar arquivo
Esportes

Campeão paulista, São Paulo inicia defesa de título contra Guarani

Tricolor deve promover as estreias de boa parte dos reforços de 2022

 

Baixar arquivo
Saúde

Covid: 13% do esperado para faixa de 5 a 11 anos foi vacinada no Rio

Até esta quinta-feira (27), pouco mais de 72 mil crianças entre 5 e 11 anos foram vacinadas contra a covid, bem abaixo da expectativa da prefeitura em alcançar pelo menos 90% de imunização. Os dados são do Painel Rio Covid-19.

Baixar arquivo