Pandemia atrapalha acesso dos mais pobres à Justiça

Acesso à Justiça

Publicado em 04/08/2020 - 21:02 Por Victor Ribeiro - Brasília

A pandemia da Covid-19 pode prejudicar o acesso das pessoas mais pobres à Justiça. O Núcleo de Estudos da Burocracia, da Fundação Getúlio Vargas, fez um levantamento com 530 profissionais de defensorias públicas dos estados, do Distrito Federal e da União. Deles, 92,6% tiveram essa sensação de que as pessoas de baixa renda enfrentam ainda mais dificuldade para exigir o cumprimento de direitos na Justiça.


O pesquisador da FGV Giordano Magri, que é um dos coordenadores da pesquisa, explicou que, além de atender individualmente as pessoas mais pobres, as defensorias públicas atuam em núcleos especializados. Eles tratam de temas de interesse coletivo, como os de violência contra a mulher, situação carcerária, infância e juventude, e de habitação e urbanismo. Por isso, Giordano Magri alerta que a dificuldade de acesso à Justiça por meio das defensorias pode prejudicar toda a população.

 

A pesquisa mostrou que, entre os profissionais das defensorias, 80% avaliam que a atuação do órgão ajuda a população a enfrentar a pandemia, mas quase metade dos profissionais concorda que não tem conseguido atender o público de forma adequada. Dos que estão em teletrabalho, quase 20% não receberam equipamentos para trabalhar em casa.


Já em relação à própria situação, pelo menos sete em cada 10 trabalhadores das defensorias públicas relataram problemas de saúde mental, desenvolvidos durante a pandemia e  disseram não receber qualquer apoio. Quase 90% deles têm medo de serem infectados pelo coronavírus.


 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Economia

Cerca 1 milhão ficaram sem trabalho na última semana de agosto

Dados da Pnad Covid-19 foram divulgados nesta sexta (18) pelo IBGE

Baixar arquivo
Saúde

Ministério Público do RJ investiga fraude em hospital de campanha

Hospital Modular de Nova Iguaçu foi construído para atender pacientes com covid-19, mas nunca chegou a ser aberto. Governo do estado investiu R$ 62 milhões na unidade

Baixar arquivo
Política

Impeachment de Witzel: relatório será votado em plenário no dia 23

Se pedido for aprovado, o governador do Rio de Janeiro será afastado temporariamente do cargo enquanto o Tribunal de Justiça conduz a etapa final, em que cinco deputados eleitos pela Alerj e cinco desembargadores vão analisar o processo e decidirão pela cassação definitiva do mandato.

Baixar arquivo
Educação

Niterói autoriza aulas presenciais no ensino médio

A volta das atividades nas escolas particulares está autorizada no estado desde o último dia 14, nos municípios considerados de baixo risco para a Covid-19. Mas as aulas continuaram suspensas ou em fase de planejamento de abertura.

Baixar arquivo
Geral

Mais de 30 mil pessoas morreram em acidentes de trânsito em 2019

A falta de responsabilidade e de atenção no trânsito podem mudar as vidas das pessoas para sempre. O técnico de informática José Barbosa, de 64 anos, foi vítima da imprudência de motoristas duas vezes. Na primeira, em 2014, ele conduzia sua moto e foi fechado por um veículo.

Baixar arquivo
Esportes

Botafogo e Santos têm em comum protagonismo de atacantes

Os dois times vivem momentos distintos na Série A do Campeonato Brasileiro, mas se enfrentam neste domingo (20) com algo em comum: seus atacantes têm brilhado e feito a diferença. O Glorioso tem Matheus Babi. E o Peixe, tem Marinho.

 

Baixar arquivo