STF mantém condenação de policiais militares por massacre do Carandiru

O ministro Luís Roberto Barroso negou recurso da defesa dos condenados

Publicado em 04/08/2022 - 15:16 Por Lucas Pordeus Leon - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Foi mantida a condenação dos policiais militares responsáveis pelo massacre do Carandiru, em São Paulo. A decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso, negou o recurso da defesa dos condenados pelos assassinatos de 111 presos em outubro de 1992.

A defesa recorreu ao STF para derrubar a decisão do Superior Tribunal de Justiça que, por sua vez, derrubou uma decisão do TJ de São Paulo que havia anulado as condenações dos tribunais do júri realizados entre 2014 e 2016.  

Cinco tribunais do júri condenaram 74 policiais a penas que chegam a mais de 600 anos de prisão, acolhendo a versão da acusação de que não houve confronto e de que os presos foram executados pelos agentes de segurança.

No recurso ao STF, a defesa alegou ofensa ao contraditório, à ampla defesa e ao devido processo legal por parte do STJ. Em resposta, o ministro Barroso rebateu que o recurso da defesa não configura um caso com repercussão geral, ou seja, pode repercutir para todo o sistema judiciário, devendo, por isso, ser apresentado ao próprio STJ.

Os policiais condenados pelo massacre do Carandiru ainda não foram presos porque ainda há recursos tramitando no Tribunal de São Paulo. Nesta semana, a Comissão de Segurança da Câmara dos Deputados aprovou um projeto que prevê a anistia dos policiais. Porém, o tema ainda precisa passar pela Comissão de Constituição e Justiça, antes de seguir para os plenários da Câmara e do Senado.

Edição: Leila Santos / GT Passos

Últimas notícias
Justiça

TST homenageia a UFRN e entrega comenda para pessoas e instituições

O TST - Tribunal Superior do Trabalho realizou nesta quinta-feira a cerimônia de entrega da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho de 2022, honraria concedida para instituições e personalidades que tiveram destaques em suas profissões ou por serviços prestados à Justiça do Trabalho. 

Baixar arquivo
Economia

Pix: presidente do BC diz que não é verdade que bancos perdem dinheiro

O presidente do Banco Central do Brasil, Roberto Campos Neto, disse nesta quinta-feira que não é verdade que os bancos estão perdendo dinheiro com o Pix.

Baixar arquivo
Política

Conselho de Ética da Câmara do Rio aprova cassação de Gabriel Monteiro

O Conselho de Ética da Câmara Municipal do Rio de Janeiro aprovou por unanimidade o relatório que pede a cassação do mandato do vereador Gabriel Monteiro, por quebra de decoro parlamentar.

Baixar arquivo
Economia

Produtos de origem indígena estão disponíveis para compra na internet

Produtos de origem indígena com a certificação da Funai estão disponíveis para compra na internet, por meio da plataforma Maeí. O espaço virtual foi desenvolvido pelo Instituto Moara — que também vai ser responsável por manter o comércio eletrônico.

Baixar arquivo
Pesquisa e Inovação

Em São Paulo seminário discute a implantação da nova tecnologia 5G

A internet 5G já está ativa em Brasília, Porto Alegre, João Pessoa, Belo Horizonte e São Paulo. Na semana que vem, a nova faixa vai ser ativada em mais três cidades: Curitiba, Salvador e Goiânia.

Baixar arquivo
Geral

Frio e ventania deixam a cidade de São Paulo em estado de alerta

O tempo permaneceu instável na capital paulista. Foi um dia muito nublado, em que uma chuva fina e fria se alternou por breves aberturas de sol e o resultado foi um dia frio.

Baixar arquivo