Mariana: mais de 7 mil informais vão receber indenizações

Publicado em domingo, 13 Setembro, 2020 - 11:55 Por Leandro Martins - Brasília

Trabalhadores informais de Baixo Guandu (ES) e Naque (MG) vão começar a receber indenizações pelo rompimento da barragem da mineradora Samarco em 2015. O primeiro pagamento foi realizado na quinta-feira (10) para uma artesã. Mais 7 mil pessoas deverão receber nos próximos meses valores que variam entre R$ 54 mil e R$ 94,5 mil.

Entre as categorias de trabalhadores beneficiadas estão pescadores profissionais, revendedores de pescado, comerciantes, artesãos, agricultores, carroceiros, areeiros, ilheiros e lavadeiras. Especificamente para os moradores que pescavam somente para subsistência foi arbitrado um valor mais baixo, de R$ 23,9 mil. A extensão do pagamento para outros municípios da bacia do Rio Doce ainda depende de avaliação judicial. A Fundação Renova, entidade responsável pela reparação dos danos da tragédia, considera esta possibilidade e estima que cerca de 80 mil trabalhadores informais deverão receber indenizações.

A barragem, localizada em Mariana (MG), se rompeu em 5 de novembro de 2015, deixando 19 mortos, destruindo comunidades e impactando dezenas de municípios na bacia do Rio Doce. Para reparar os danos, a Samarco e suas acionistas Vale e BHP Billiton assinaram um Termo de Transação e Ajustamento de Conduta (TTAC) com a União e os governos de Minas Gerais e do Espírito Santo. Este acordo levou à criação da Fundação Renova, que é mantida com recursos das três mineradoras.

Segundo a entidade, até junho de 2020, foram 10.096 indenizações em razão dos danos gerais sofridos, totalizando R$ 910,1 milhões. Mais R$ 227,5 milhões foram pagos a 267 mil pessoas que ficaram sem abastecimento de água após a tragédia. No entanto, após quase 5 anos, muitas categorias informais não haviam sido reconhecidos pela Fundação Renova entre os atingidos. Algumas delas sofreram impactos indiretos, como os comerciantes de comunidades pesqueiras que viram sua clientela sumir devido à queda da renda dos pescadores.

*com informações da Agência Brasil

Edição: Ana Pimenta

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Educação

Fies divulga regras para renegociação de dívidas

O governo federal regulamentou o programa que permite a renegociação de dívidas de financiamentos concedidos com recursos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Baixar arquivo
Segurança

Isolamento na pandemia ajuda a reduzir roubos no Rio de Janeiro

Nos nove primeiros meses de 2020, houve queda de 42% nos roubos de rua e de 33% nos roubos de veículos

Baixar arquivo
Segurança

Operação no Rio prende ex-tabelião do cartório de Buzios

Albert Danan, ex-tabelião do cartório de Búzios, foi preso nesta quinta-feira (22) na Região dos Lagos. A ação, batizada de Registro Paralelo II, investiga supostas fraudes em processos de registros de imóveis. Também é alvo da ação o advogado Allan Vinicius Almeida Queiroz, considerado foragido. Os dois são acusados de concussão, que é quando um servidor público exige vantagem indevida.

Baixar arquivo
Economia

Saldo de geração de empregos deve ficar positivo até novembro

A previsão está no relatório Informe Conjuntural, do terceiro trimestre da Confederação Nacional da Indústria.  Mesmo com a pandemia ainda em curso, a geração de emprego começa a dar sinais de recuperação. Segundo dados do Caged, o saldo de empregos entre janeiro e agosto foi negativo em 849 mil postos de trabalho. Mas, o bimestre julho-agosto, analisado em separado, apresentou um saldo positivo em todos os setores.

Baixar arquivo
Segurança

PF faz operação contra criminosos especializados em fraudes na Caixa

No total, estão sendo cumpridos na operação chamada de Abono, realizada na região metropolitana do Rio, 8 mandados de prisão temporária e 11 de busca e apreensão. Segundo a Polícia, na residência de um dos presos foram encontrados diversos documentos falsificados e material utilizado para a falsificação. Os prejuízos causados pelo grupo seriam superiores a R$ 2 milhões.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Seca intensa atingiu o DF e mais 15 estados em setembro

Não foi só impressão. A seca foi realmente mais intensa na maioria dos estados brasileiros em setembro, em comparação a agosto.

Baixar arquivo