Mariana: mais de 7 mil informais vão receber indenizações

Publicado em 13/09/2020 - 11:55 Por Leandro Martins - Brasília

Trabalhadores informais de Baixo Guandu (ES) e Naque (MG) vão começar a receber indenizações pelo rompimento da barragem da mineradora Samarco em 2015. O primeiro pagamento foi realizado na quinta-feira (10) para uma artesã. Mais 7 mil pessoas deverão receber nos próximos meses valores que variam entre R$ 54 mil e R$ 94,5 mil.

Entre as categorias de trabalhadores beneficiadas estão pescadores profissionais, revendedores de pescado, comerciantes, artesãos, agricultores, carroceiros, areeiros, ilheiros e lavadeiras. Especificamente para os moradores que pescavam somente para subsistência foi arbitrado um valor mais baixo, de R$ 23,9 mil. A extensão do pagamento para outros municípios da bacia do Rio Doce ainda depende de avaliação judicial. A Fundação Renova, entidade responsável pela reparação dos danos da tragédia, considera esta possibilidade e estima que cerca de 80 mil trabalhadores informais deverão receber indenizações.

A barragem, localizada em Mariana (MG), se rompeu em 5 de novembro de 2015, deixando 19 mortos, destruindo comunidades e impactando dezenas de municípios na bacia do Rio Doce. Para reparar os danos, a Samarco e suas acionistas Vale e BHP Billiton assinaram um Termo de Transação e Ajustamento de Conduta (TTAC) com a União e os governos de Minas Gerais e do Espírito Santo. Este acordo levou à criação da Fundação Renova, que é mantida com recursos das três mineradoras.

Segundo a entidade, até junho de 2020, foram 10.096 indenizações em razão dos danos gerais sofridos, totalizando R$ 910,1 milhões. Mais R$ 227,5 milhões foram pagos a 267 mil pessoas que ficaram sem abastecimento de água após a tragédia. No entanto, após quase 5 anos, muitas categorias informais não haviam sido reconhecidos pela Fundação Renova entre os atingidos. Algumas delas sofreram impactos indiretos, como os comerciantes de comunidades pesqueiras que viram sua clientela sumir devido à queda da renda dos pescadores.

*com informações da Agência Brasil

Edição: Ana Pimenta

Últimas notícias
Geral

Número de profissionais da indústria criativa cresce 11,7%

Segundo a Firjan, a participação da indústria criativa no Produto Interno Bruto passou de 2,6% em 2017 para 2,9% em 2020

Baixar arquivo
Economia

Julho: Infraero espera mais de 4 milhões de pessoas em 17 aeroportos

Estas férias de julho prometem gerar um movimento de passageiros nos aeroportos do país duas vezes maior que o do ano passado. 

Baixar arquivo
Geral

TSE começa a convocar mesários para as eleições

Serão convocados, preferencialmente, aqueles que tenham nível de escolaridade superior, professores e servidores da justiça.

Baixar arquivo
Política

RJ: deputado estadual é denunciado por violência política de gênero

O deputado estadual Rodrigo Amorim, do PTB, foi denunciado pela Procuradoria Regional Eleitoral no Rio de Janeiro por crime de violência política de gênero contra a vereadora Benny Briolly, do PSOL.

Baixar arquivo
Cultura

Arte Clube: acervo de Pier Paolo Pasolini pode ser conferido no CCBB

A exposição é composta por mais de 70 fotografias em preto e branco feitas por Pier Paolo Pasolini e Paolo Di Paolo, muitas delas inédita. 

Baixar arquivo
Esportes

Tragédia do Sarriá: menino que chorou em 82 lembra da Copa em detalhes

A tensão e o choro de José Carlos após a derrota da seleção viraram capa do Jornal da Tarde do dia seguinte e símbolo do sentimento de todos os brasileiros

Baixar arquivo