Fogo consumiu 26% do Pantanal neste ano: quase 4 milhões de hectares

Câmara ouve agricultores, empresários do turismo e ambientalistas

Publicado em 07/10/2020 - 13:54 Por Lucas Pordeus León - Brasília

Os incêndios já consumiram 26% do Pantanal brasileiro desde o dia 1º de janeiro até o último final de semana. São quase 4 milhões de hectares atingidos, uma área um pouco menor que o estado do Rio de Janeiro.

Esses dados foram divulgados nessa terça-feira (6) pelo LASA, o Laboratório de Aplicações de Satélites Ambientais, da UFRJ, a Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Enquanto isso, a comissão externa da Câmara dos Deputados criada para avaliar as ações dos governos contra as queimadas ouviu, nesta quarta-feira (7), produtores rurais, empresários do setor de turismo e ambientalistas sobre os incêndios no Pantanal.

O representante do Sindicato Rural de Poconé, Vicente Falcão Filho, defendeu a pecuária no bioma contra as críticas dos que responsabilizam a criação de gado pelos incêndios.

Representantes do turismo do Pantanal defenderam que o setor protege o meio ambiente e pediram mais investimentos em infraestrutura. Para o gerente de uma pousada da região, Luiz Vicente da Silva, é preciso que o Poder Público escute as pessoas do Pantanal.

Também participou da comissão o ambientalista Adalberto Eberhard. Para o especialista, os projetos de preservação ambiental e de desenvolvimento sustentável para o Pantanal não saem do papel. O ambientalista sugere que se busquem, nos projetos produzidos nas últimas décadas, as saídas para um desenvolvimento mais sustentável no Pantanal.

Ainda segundo os dados divulgados pelo Laboratório da UFRJ, que analisa imagens de satélites, a área devastada pelo fogo, neste ano, no bioma, aumentou cerca de 146% comparado com todo o ano de 2019.

Para enfrentar esse cenário, o governo federal liberou quase R$ 14 milhões para os estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul usarem no combate aos incêndios. Foram ainda liberados cerca de 90 membros da Força Nacional e cerca de 600 militares das Forças Armadas para auxiliar as equipes estaduais, além de disponibilizar aeronaves, automóveis e outros equipamentos.

 

Edição: Lana Cristina

Últimas notícias
Saúde

OMS abre consulta para mudar nome da varíola dos macacos

A nomeação das espécies de vírus é de responsabilidades do Comitê Internacional de Taxonomia de vírus

Baixar arquivo
Saúde

Diabetes gestacional pode trazer mais riscos na hora do parto

O problema ocorre devido a mudanças hormonais que a mulher sofre durante a gestação

Baixar arquivo
Justiça

Termina quinta-feira o prazo para requerer voto em transito

Podem requerer o benefício os eleitores que não poderão estar no domicílio eleitoral no dia da votação, que será em 2 de outubro, para o primeiro turno; e 30 de outubro, onde houver segundo turno.

Baixar arquivo
Política

Eleições 2022: enquetes e sondagens estão proibidas

O tribunal define enquete ou sondagem como levantamento de opiniões sem a utilização de um método científico

Baixar arquivo
Educação

Prouni 2022: prazo para documentação vai até 24 de agosto

A apresentação da documentação pode ser feita presencialmente ou virtualmente a depender da instituição de ensino

Baixar arquivo
Pesquisa e Inovação

Exoesqueleto robótico auxilia a recuperação do movimento das pernas

A ideia do ExoTAO é o de ser uma órtese inteligente, um exoesqueleto robótico que ajude pessoas que perderam o movimento das pernas a recuperarem a capacidade de locomoção.

Baixar arquivo