Universo: missão BepiColombo capta imagem de Vênus em preto e branco

Fotografia foi feita no último dia 10 de agosto

Publicado em 13/08/2021 - 18:07 Por Adrielen Alves - Repórter da TV Brasil - Brasília

No meio do caminho, tinha Vênus

Tinha Vênus no meio do caminho

Estou parafraseando Carlos Drummond de Andrade para falar de duas missões espaciais que esta semana sobrevoaram o nosso vizinho Vênus.

O sobrevoo rendeu uma selfie de Vênus em preto e branco. O registro foi captado esta semana pela missão BepiColombo – parceria das agências espaciais europeia (ESA) e japonesa (Jaxa).

De acordo com a ESA, a imagem foi feita no último dia 10 quando a espaçonave estava a cerca de 1,5 mil quilômetros de Vênus, sendo que a maior aproximação do planeta foi de 552 quilômetros.

Esta missão está a caminho de Mercúrio e deve fazer o primeiro sobrevoo no planeta dia 1º ou 2 de outubro e entrar na órbita mercuriana em 2025. O objetivo é saber mais sobre atmosfera rarefeita do astro mais próximo do Sol.

Vênus também esteve na rota de outra missão esta semana. A Solar Orbiter fez um sobrevoo, no último dia 9, e chegou a cerca de 8 mil quilômetros do planeta. Esta é uma parceria da Agência Espacial Europeia e da Agência Espacial Norte-Americana (Nasa). Neste caso, a superfície do Sol, além dos ventos solares e da influência da estrela no nosso sistema serão analisados.

De acordo com a ESA, ambas as missões, que distanciaram 33 horas uma da outra, sentiram os efeitos da gravidade e de temperatura ao aproximarem-se de Vênus.

A agência espacial ressalta também que foi possível captar informações sobre a atmosfera do planeta em interação com ventos solares.

Segundo a agência, dados coletados durante os sobrevoos foram transformados em frequência para serem perceptíveis ao ouvido humano.

Mas por que Vênus no meio do caminho?

O professor do Instituto de Física da Universidade de Brasília José Leonardo Ferreira explica que o planeta servirá como um estilingue grativacional para que as espaçonaves alcancem seus pontos finais.

De acordo com o especialista em ciências espaciais, a manobra orbital assistida por gravidade é uma estratégia adotada em diversas missões, como por exemplo no caso das sondas Voyagers, que hoje estão se dirigindo para fora do sistema solar.

O professor lembra ainda que a BepiColombo conta com um esquema de sistema avançado de propulsão elétrica, também conhecido como propulsor a plasma para atingir o planeta Mercúrio.

Edição: Renata Batista

Últimas notícias
Educação

Piso salarial dos professores aumenta 33% e passa para R$ 3.845

O piso salarial dos professores da rede pública vai passar de R$ 2.886 para R$ 3.845, um aumento de 33,24%. Esse é o valor mínimo que o profissional deve receber no país.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Mais de 1.600 pessoas foram resgatadas de trabalho escravo em 2021

Em comunicado divulgado nesta quinta-feira (27), o Ministério Público do Trabalho informou que recebeu 1.415 denúncias de trabalho escravo, aliciamento e tráfico de trabalhadores no ano passado, número 70% maior que em 2020.  

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Rio de Janeiro registra 40ºC nesta quinta-feira (27)

Para os próximos dias a previsão é que as temperaturas fiquem um pouco mais amenas devido a chegada de uma frente fria, nesta sexta-feira (28).

Baixar arquivo
Esportes

Campeão paulista, São Paulo inicia defesa de título contra Guarani

Tricolor deve promover as estreias de boa parte dos reforços de 2022

 

Baixar arquivo
Saúde

Covid: 13% do esperado para faixa de 5 a 11 anos foi vacinada no Rio

Até esta quinta-feira (27), pouco mais de 72 mil crianças entre 5 e 11 anos foram vacinadas contra a covid, bem abaixo da expectativa da prefeitura em alcançar pelo menos 90% de imunização. Os dados são do Painel Rio Covid-19.

Baixar arquivo