Congresso começa hoje a analisar vetos presidenciais

Congresso Nacional

Publicado em 12/08/2020 - 10:44 Por Lucas Pordeus Leon - Brasília

O Congresso Nacional marcou três sessões para votar os vetos presidenciais. A primeira é hoje (12). As outras duas foram marcadas para os dias 19 de agosto, próxima quarta-feira; e 2 de setembro, daqui a três semanas. Os deputados e senadores precisam analisar nessas três sessões, ao todo, 44 vetos do presidente da República.

 

Para esta quarta-feira, está prevista a análise de 17 vetos. Foi acordado que as votações vão seguir a ordem cronológica dos vetos, começando pelo veto parcial a 24 dispositivos do chamado pacote anti-crime, sancionado ainda no final do ano passado.

 

Em seguida, há o veto total ao projeto que prorrogava incentivos fiscais ao cinema; e o veto parcial ao projeto que instituiu a Carteira de Identificação da Pessoa com Autismo, sendo retirado o dispositivo que obrigava os cinemas a reservarem uma sessão mensal para pessoas com transtorno autista.

 

Os parlamentares ainda precisam analisar o veto ao projeto que ampliava o Benefício de Prestação Continuada, aumentando o critério de limite de renda de um quarto para meio salário-mínimo per capita para ter acesso ao recurso.

 

Já vetos mais recentes, como o que congelou os salários de todo o funcionalismo público até 2022 e o veto contra a indenização aos profissionais de saúde incapacitados pelo novo coronavírus só devem ser analisados nas próximas sessões do Congresso.

 

Já a votação do novo Fundeb pelo Senado foi marcada para a próxima semana, dia 20 de agosto. Os senadores vão analisar a Proposta de Emenda à Constituição do novo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica, que é a principal fonte de financiamento da educação pública no Brasil. Se houver modificações no Senado, o texto precisa voltar para nova análise da Câmara, que aprovou o novo Fundeb no mês passado.

 

Lembrando que o Atual Fundo de Financiamento da Educação Básica perde a validade neste ano, no dia 31 de dezembro.

Últimas notícias
Pesquisa e Inovação

Fiocruz celebra 122 anos com histórias de sucesso e projetos de futuro

Em 122 anos a fundação cresceu e está presente em todas as cinco regiões do Brasil, com núcleos em dez estados, além do Distrito Federal e ainda tem parcerias com instituições científicas de 50 países.

Baixar arquivo
Saúde

Amazonas: Oftalmologia Humanitária realizará cirurgias e doará óculos

Os moradores dos municípios de Barcelos, Santa Isabel e Novo Airão, no Amazonas vão receber atendimentos oftalmológicos de graça a partir deste domingo até o dia 7 de junho.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

ONU pede investigação "célere e completa" sobre morte em ação da PRF

Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos, morreu depois de ser colocado por agentes da PRF dentro de uma viatura de onde saía muita fumaça. O IML de Sergipe identificou de forma preliminar a causa da morte como asfixia..

Baixar arquivo
Geral

Ao menos 33 pessoas morrem por causa das chuvas em Pernambuco

Uma única ocorrência neste sábado causou 19 óbitos: um deslizamento de barreira em uma comunidade na zona sul do Recife.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Dia da Dignidade Menstrual alerta para falta de acesso a itens básicos

Este sábado (28) é o Dia Internacional da Dignidade Menstrual, data que chama a atenção para a urgência de se garantir o acesso a itens de higiene, infraestrutura adequada e informação.

Baixar arquivo
Economia

Por liminar, justiça suspende demissões na Caoa Chery em Jacarei - SP

Segundo decisão da justiça do trabalho as dispensas coletivas precisam de prévia negociação considerando o impacto social que causam. A empresa tem prazo de cinco dias para o cumprimento da medida sob pena de multa de R$ 50 mil por dia. 

Baixar arquivo