Ministro atribui incêndios florestais a fenômeno natural

Declaração foi dada em audiência do STF sobre Fundo do Clima

Publicado em segunda-feira, 21 Setembro, 2020 - 16:31 Por Lucas Pordeus León - Brasília

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, afirmou que o aumento dos incêndios é consequência de fenômenos naturais e criticou a campanha internacional contra o desmatamento no Brasil que, segundo ele, teria a intenção de derrubar o governo Bolsonaro.

A fala do ministro Heleno foi durante audiência pública, nesta segunda-feira, no Supremo Tribunal Federal, que discute uma ação de partidos da oposição que apontam para uma suposta omissão do governo federal ao não aplicar os recursos do Fundo Nacional sobre a Mudança do Clima, além de outras ações ou omissões na área ambiental.

Participou também da audiência o presidente da Câmara dos Deputados. Rodrigo Maia afirmou que os recursos do Fundo do Clima usados em 2019 foram próximos a zero, e pediu a colaboração do Supremo para se chegar a uma saída para a questão ambiental.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, também falou na audiência, e defendeu que a ação sobre o Fundo do Clima teria perdido o sentido porque, segundo o ministro, já foi dada destinação ao plano e aos recursos do Fundo.

A audiência pública no STF foi convocada pelo ministro Luís Roberto Barroso, relator da ação que questiona o uso dos recursos do Fundo do Clima.

Edição: Sumaia Villela

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Cultura

Morre Jane Di Castro, artista pioneira na luta LGBTI

Atriz e cantora foi vítima de um câncer e estava internada desde o último dia 14

Baixar arquivo
Saúde

Rodrigo Maia busca consenso para impasse sobre vacina chinesa

Após encontro com governador João Doria nesta sexta-feira (23), presidente da Câmara disse estar aberto ao diálogo para garantir acesso à CoronaVac, e defendeu a produção da vacina em parceria com o Instituto Butantan

Baixar arquivo
Saúde

Anvisa autoriza importação de 6 milhões de doses da CoronaVac

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou nesta sexta-feira (23) a importação de 6 milhões de doses da vacina experimental contra a covid-19, fabricada pelo laboratório chinês Sinovac e testada no Brasil em parceria com o Instituto Butantan.

Baixar arquivo
Saúde

Apesar de queda, regiões estão em zona de risco para SRAG

Boletim InfoGripe da Fiocruz aponta que ocorrência de Síndrome Respiratória Aguda Grave ainda é alta no país

Baixar arquivo
Saúde

Mortes por covid-19 caem 17,5% no país

Pandemia desacelerou na semana de 11 a 17 de outubro

Baixar arquivo