Covid-19: com duas vacinas disponíveis, Brasil imunizou 15 milhões

Expectativa é por outros imunizantes, como da Pfizer e Jansen

Publicado em 02/04/2021 - 09:03 Por Graziele Bezerra - Brasília

Coronavac, Jansen, Butantan, Astrazeneca. Tanto nome diferente que a gente passou a adotar no vocabulário que, às vezes, até confunde. Mas pra deixar bem claro, apenas duas vacinas estão em aplicação no Brasil atualmente: a Coronavac, que é fabricada pelo Instituto Butantan e a Oxford/Astrazeneca, envazada pela Fiocruz.

De janeiro até agora, mais de 15 milhões de brasileiros já receberam pelo menos a primeira dose de um dos dois imunizantes, o que representa 7% da população brasileira, segundo dados do Ministério da Saúde.

O número de imunizados é considerado baixo, por especialistas. Na avaliação do infectologista, Julival Ribeiro, médico da Sociedade Brasileira de Infectologia, o ritmo de vacinação no país é lento e preocupa.

Mas outros laboratórios já solicitaram uso emergencial e podem, em breve, aumentar as opções de imunizantes disponíveis no Brasil.

Nesta semana, a Anvisa autorizou o uso emergencial da vacina Jansen, laboratório da Jonhson &Johnson. A vantagem desta vacina é que ela garante eficácia em apenas uma dose.

Segundo o calendário do Ministério da Saúde, a entrega de 38 milhões de doses do imunizante da Jansen deve começar em julho.

E tem mais uma a caminho. A Anvisa, responsável pela autorização das vacinas, já aprovou o pedido de registro definitivo da vacina da Pfizer, do laboratório Biontech

A compra foi efetivada em março e o contrato prevê 100 milhões de doses do imunizante, mas ainda sem prazos definidos.

O recém empossado ministro da Saúde Marcelo Queiroga diz que meta do governo é vacinar 1 milhão por dia a partir deste mês.

Enquanto a vacinação não alcança a maior parte dos brasileiros, a recomendação de manter o distanciamento social e o uso de máscara continua.


 

Edição: Sheily Noleto/Adrielen Alves

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Esportes

Tóquio 2020: Japonês vence individual geral da ginástica artística

O brasileiro Caio Souza terminou na 17ª posição na final do individual geral masculino de ginástica artística. Já o paulista Diogo Soares foi o 20° colocado.

Baixar arquivo
Economia

Prorrogada suspensão dos procedimentos de benefícios sociais

A portaria do Ministério da Cidadania foi publicada nessa terça-feira (27) no Diário Oficial da União.

Baixar arquivo
Esportes

Tóquio: Brasil pega Egito nas quartas de final no futebol masculino

A liderança do Grupo D ficou definida após o Brasil vencer a Arábia Saudita por 3 a 1 no Estádio de Saitama, na cidade de Saitama. 

Baixar arquivo
Saúde

Ministério da Saúde diz que adolescentes serão vacinados

A previsão é que esses jovens comecem a ser vacinados em setembro com a aplicação de todas as primeiras doses em pessoas com mais de 18 anos.

Baixar arquivo
Esportes

Vôlei masculino: Brasil perde para o Comitê Russo

Em dia infeliz, a seleção brasileira masculina de vôlei perdeu nesta quarta-feira (28) para o Comitê Olímpico Russo (ROC, na sigla em inglês) por 3 sets a 0, com parciais de 25/22, 25/20 e 25/20.

Baixar arquivo
Economia

IBGE: inflação da indústria tem alta de 1,31% em junho

Com o resultado, o acumulado no ano atingiu 19,11%, maior patamar para o período de toda a série histórica, iniciada em 2014. A alta acumulada em 12 meses também foi recorde: 36,81%.

Baixar arquivo