CPI da Pandemia terá esta semana depoimentos de ex-ministros da Saúde

Publicado em 02/05/2021 - 12:16 Por Maíra Heinen - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Marcada por reuniões longas, com embates entre senadores e até ações judiciais, a CPI da Pandemia segue nesta semana com depoimentos importantes. Os primeiros convocados para falar à comissão foram os ex-ministros da Saúde, Henrique Mandetta, Nelson Teich e Eduardo Pazzuello. Ainda nesta semana devem falar o atual ministro da pasta, Marcelo Queiroga e o presidente da Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Antônio Barra Torres.

De acordo com o plano de trabalho apresentado pelo relator da Comissão, senador Renan Calheiros, a CPI terá três reuniões semanais. Nesta terça-feira, Mandetta deve ser ouvido a partir das dez da manhã e Teich, no período da tarde. Eles serão questionados sobre o início das ações para o enfrentamento à pandemia, as estruturas de combate à crise, as ações de prevenção e atenção à saúde indígena, além do emprego de recursos federais.

Na quarta-feira, a audiência será com o ex-ministro Eduardo Pazzuello, que deve trazer informações sobre a política de aquisição de vacinas, o colapso de oxigênio em Manaus, as políticas de comunicação do governo em relação ao isolamento e ao uso de máscaras, entre outros temas. O vice-presidente da CPI, senador Randolfe Rodrigues. informou que há a possibilidade de Pazzuello ser chamado mais uma vez.

Houve pedido para que os depoimentos fossem colhidos de forma presencial, mas a hipótese foi descartada pelo presidente da CPI, senador Omar Aziz.

O atual ministro da saúde Marcelo Queiroga e o presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres devem ser ouvidos na quinta-feira de acordo com o cronograma da comissão.

Edição: Paula de Castro/ Beatriz Arcoverde

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

Butantan anuncia que IFA da Coronavac chega na próxima semana

  1. O Instituto Butantan anunciou que deve receber dia 26 de maio, um novo lote do IFA, o insumo farmacêutico ativo, usado para a produção da Coronavac. A previsão é de que a China envie quatro mil litros do insumo, o que daria para produzir cerca de 6,7 milhões de doses da vacina.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Covid: pandemia agrava situação de vulnerabilidade da população LGBTI

A pandemia da covid-19 fez com que a situação de vulnerabilidade social de lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e travestis se agravasse. O alerta, feito nesta segunda-feira, Dia Internacional de Luta contra a LGBTfobia, é do coordenador do grupo Arco Íris e diretor da aliança nacional LGBTI, Claudio Nascimento.

Baixar arquivo
Economia

Lei para afastamento de grávidas das funções presenciais gera duvidas

A lei que determina o afastamento de mulheres grávidas de atividades presenciais durante a pandemia tem gerado dúvidas entre as trabalhadoras que exercem funções que não podem ser feitas à distância, como é o caso das empregadas domésticas.

Baixar arquivo
Economia

Monitor do PIB da FGV prevê crescimento de 1,7% no primeiro trimestre

O Monitor do PIB da Fundação Getúlio Vargas prevê crescimento de 1,7% na economia brasileira nesse primeiro trimestre do ano, em comparação ao quarto trimestre de 2020. E o resultado positivo está sendo calculado já considerando a retração de 2,1% em março, com relação a fevereiro.

Baixar arquivo
Geral

Mais de 6,4 milhões de vacinas contra a covid-19 serão distribuídas

As informações foram dadas nesta segunda-feira (17), durante a sessão da Comissão Temporária do Senado sobre Covid-19

Baixar arquivo