CPMI dá 48 horas para Dino reconsiderar acesso a imagens de 8/1

Publicado em 01/08/2023 - 16:38 Por Priscilla Mazenotti - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Depois de ter tido negado o acesso às imagens do Ministério da Justiça no 8 de janeiro, a CPI Mista dos atos golpistas decidiu: estabeleceu prazo de 48 horas para o ministro Flávio Dino reconsiderar a decisão, caso contrário, o pedido de compartilhamento desses vídeos será feito diretamente ao Supremo Tribunal Federal.

A medida foi tomada pelo presidente da CPI, deputado Arthur Maia, na primeira reunião da Comissão após o recesso. É que o ministro, por ofício, negou o compartilhamento das imagens das câmeras de segurança no dia dos ataques. O argumento foi o de que alguns inquéritos estão sob sigilo e que a divulgação poderia trazer prejuízo às investigações.

Arthur Maia ponderou que é compreensível o sigilo de determinadas provas, mas tem uma opinião diferente.

Inicialmente, Maia tinha decidido acionar diretamente o Supremo, por meio da Advocacia do Senado. Ao que senadores da base aliada ponderaram que o diálogo deveria ocorrer diretamente com Dino. Ou seja, um pedido de reconsideração deveria ser feito. A deputada Jandira Feghali, por exemplo, afirmou que o ministro apenas se precaveu ao negar o compartilhamento das imagens por conta do sigilo e argumentou não ver sentido nesse pedido.

Já senadores de oposição, como Sérgio Moro, reclamaram da falta de informações.

A relatora, senadora Eliziane Gama, disse que, em conversa com Dino, o ministro demonstrou ter “boa vontade” em fornecer as imagens, mas que uma das preocupações é que, além da questão do sigilo, a CPI mista tem, entre seus integrantes, pessoas investigadas por participação nos atos golpistas.

Logo depois da decisão da CPI, o ministro Flávio Dino publicou: "tentaram fraudar a eleição para ficar no poder e perderam. Tentaram dar um golpe de estado e perderam novamente. Tentaram explodir o aeroporto de Brasília e não conseguiram. Essas são verdades comprovadas." E acrescentou: "não adianta ficar inventando fatos para encobrir tais verdades".

Edição: Rádio Nacional/ Renata Batista

Últimas notícias
Cultura

Museu das Favelas apresenta exposição Rap em Quadrinhos

A mostra traz 19 personalidades do rap nacional retratadas como super-heróis e super-heroínas das histórias em quadrinhos.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

STF julga pauta verde, que cobra plano de preservação ambiental

As ações são de partidos políticos e da Procuradoria-Geral da República ainda durante o governo do ex-presidente Jair Bolsonaro. Os partidos pedem o reconhecimento da omissão dos membros do executivo, para impedir o avanço do desmatamento na Amazônia

Baixar arquivo
Justiça

TSE multa Haddad em R$ 10 mil por propaganda eleitoral irregular

A corte entendeu que Fernando Haddad impulsionou no Google resultados positivos sobre ele quando buscas eram feitas com o nome do adversário nas eleições de 2022. 

Baixar arquivo
Geral

Cidade do Rio deve ter feriado nos dias de Cúpula do G20, em novembro

Projeto de lei foi encaminhado pelo prefeito, Eduardo Paes, e declara feriado nos dias 18 e 19. O objetivo é reduzir a circulação de veículos e pessoas nas ruas, além de potencializar a segurança na cidade

Baixar arquivo
Internacional

Lula quer manter a América do Sul como zona de paz no mundo

Após reunião com presidente da Guiana, Lula vai se encontrar com o presidente Venezuelano, Nicolás Maduro, para falar sobre a disputa de Essequibo. 

Baixar arquivo
Saúde

Pesquisa UFBA: Bolsa Família pode reduzir mortalidade por aids

Programas de transferência de renda ajudam no cuidado integral à saúde e pode reduzir o adoecimento e a mortalidade por aids em populações vulneráveis.

Baixar arquivo