Governo lança plano de R$ 1 bilhão para população em situação de rua

Cadastro Único tem 230 mil pessoas nessa situação

Publicado em 11/12/2023 - 16:57 Por Sayonara Moreno - repórter da Rádio Nacional - Brasília

Em quatro anos, a população de rua do Brasil quase dobrou, segundo estimativa do Ministério dos Direitos Humanos. Para implementar políticas voltadas para essas pessoas, o governo federal lançou, nesta segunda-feira (11), o “Plano Ruas Visíveis - Pelo direito ao futuro da população em situação de rua”. 

Entre as ações, foi regulamentada a Lei Padre Júlio Lancellotti, que proíbe as prefeituras de instalarem pedras, pinos, estacas e grades “em áreas públicas para impedir que pessoas em situações de rua se abriguem em pontes, viadutos” ou praças.

Defensor dos direitos das pessoas em situação de rua, o Padre Lancelotti participou do lançamento e defendeu que a lei seja cumprida. Também disse que a sociedade precisa enxergar a humanidade dessas pessoas. 

A cerimônia, no Palácio do Planalto, coincidiu com as comemorações dos 75 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Um levantamento do Ministério dos Direitos Humanos mostra que o Cadastro Único para Programas Sociais tem mais de 230 mil pessoas em situação de rua, o equivalente a um em cada mil habitantes brasileiros. O Padre Julio Lancelotti defendeu ainda que mais pessoas nessa situação sejam incluídas no CADÚnico, sinalizando que a população de rua pode ser maior do que o estimado. 

Também durante o evento, o presidente Lula defendeu que essas pessoas tenham prioridade em ações do governo, sobretudo no programa de moradia, o Minha Casa Minha Vida. 

Para a implementação do Plano Nacional, o investimento chega perto de R$ 1 bilhão. Fazem parte do programa a criação de um Grupo de Trabalho para a produção de informações sobre população em situação de rua e a portaria que cria o Programa Nacional Moradia Cidadã.

O “Plano Ruas Visíveis” prevê sete eixos: Assistência Social e Segurança Alimentar; Saúde; Violência Institucional; Cidadania, Educação e Cultura; Habitação; Trabalho e Renda; e Produção e Gestão de Dados.

Edição: Bianca Paiva/ Sumaia Villela

Últimas notícias
Economia

Economia cresce 2,9% em 2023

Produto Interno Bruto do país somou R$ 10,9 trilhões, maior patamar já alcançado na série histórica, iniciada em 1996. O principal motor do crescimento foi a agropecuária, com expansão recorde de 15,1%

Baixar arquivo
Internacional

Na Celac, Lula propõe moção coletiva contra ações israelenses

Presidente brasileiro voltou a classificar os ataques de Israel ao povo palestino como genocídio.

Baixar arquivo
Cultura

Estreia hoje (1) a Mostra Internacional de Teatro de São Paulo

Espetáculos de diferentes nacionalidades, sotaques e linguagens entram em cena para lançar novos olhares sobre questões como memória, racismo, transfobia e migração. Artistas da Coreia do Sul, do Líbano, da Costa do Martim, e também do Ceará, de Alagoas, de Santa Catarina se encontram e misturam teatro, dança e música para refletir sobre o próprio tempo

Baixar arquivo
Geral

PRF inicia operação de segurança nas rodovias

Serão intensificadas ações de policiamento, fiscalização e educação para o trânsito, visando diminuir a violência nas estradas federais do país. 

Baixar arquivo
Geral

Estado de São Paulo promove Dia D Contra a Dengue nesta sexta (1)

As ações estão sendo realizadas em escolas e casas. O slogan da campanha desse dia D é: “A água mais mortal pode estar no seu quintal”

Baixar arquivo
Saúde

Rio de Janeiro registra primeiro caso de febre oropouche

O paciente tem histórico de viagem para o Amazonas, que vive um expressivo aumento do número de casos desde o início do ano. 

Baixar arquivo