Bloco de Carnaval no DF chama atenção para Alzheimer e sobrecarga de mulheres no cuidado de doentes

Carnaval no DF

Publicado em 22/02/2020 - 08:12 Por Maíra Heinen - Brasília

90% das pessoas que cuidam de familiares com doenças como demências e Alzheimer são mulheres. Por isso, elas são o foco do bloco carnavalesco Filhas da Mãe, em Brasília.


O bloquinho, idealizado pelo Coletivo Filhas da Mãe, pretende chamar a atenção para essas doenças, além de oferecer um espaço para que cuidadoras, familiares e amigos possam se divertir no carnaval.


Uma das coordenadoras do coletivo criado em 2019, a psicanalista Cosette Castro, destaca o trabalho pesado da mulher que cuida de quem tem algum tipo de demência.


“Eu falo mais em mulheres porque 92% das cuidadoras familiares são mulheres. E as cuidadoras profissionais também são mulheres. Essas mulheres não têm tempo para si, porque o Alzheimer, que é um tipo de demência, toma a vida das pessoas. O que acontece em geral: um familiar ou uma familiar se dedica a cuidar e acaba deixando de lado projetos pessoais de trabalho, de estudo. Porque é uma doença avassaladora”.


O coletivo é coordenado por mulheres cuidadoras de mães com demências e Alzheimer. O grupo também realiza palestras e oficinas de autocuidado para quem se disponibiliza tanto a cuidar do outro.


No carnaval, a ideia é levar alegria, mas também alertar as famílias sobre essas doenças, como explica Cosette Castro.


“O bloco é aberto para qualquer pessoa, pessoas saudáveis. Inclusive nós queremos que multiplique, porque nós queremos falar sobre Alzheimer. A cada 3 segundos uma pessoa é diagnosticada com algum tipo de demência, sendo Alzheimer uma dela. A ideia é divertir, ter momentos de alegria, mas também alertar as famílias para essa doença que cresce. Tem mais de 70 milhões de pessoas no mundo com essa doença”.


O Bloco Filhas da Mãe vai sair no dia 29 de fevereiro, no sábado após o carnaval, em cortejo pela Asa Norte, e conta com apoio do bloco Rivo Trio. O Bloco é aberto a pessoas que têm parentes com demências e Alzheimer, e a todos aqueles interessados em brincar em família e se solidarizar.

Últimas notícias
Saúde

Mais de 30 países já notificaram casos da Ômicron

Por ter uma maior facilidade de transmissão, a nova cepa do coronavirus tem sido apontada pela África do Sul como determinante no agravamento da quarta onda vivida no país. .

Baixar arquivo
Pesquisa e Inovação

Motoristas recebem notificação antecipada de multas em novo serviço

As mensagens começaram a ser enviadas esta semana por e-mail, SMS e pelo aplicativo gov.br. Esse serviço, chamado de Notifica gov.br, ainda está em operação-piloto e deverá ser ampliado para outras áreas. 

Baixar arquivo
Saúde

Paciente do RJ testa negativo para variante Ômicron

Paciente de 29 anos, que chegou ao Rio vinda recentemente de uma viagem à África do Sul, estava sob suspeita de infecção pela Ômicron, nova variante do coronavírus.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Prêmio de Acessibilidade reconhece iniciativas de inclusão de PCDs

Programa de instituto da Baixada Fluminense que oferece livros com linguagem inclusiva, como em Libras, e ação da prefeitura de João Pessoa que proporciona banho de mar acessível, passeio de caiaque e vôlei sentado foram algumas iniciativas premiadas.

Baixar arquivo
Economia

Produção industrial brasileira recua 0,6% em outubro, diz IBGE

 Esta é a quinta queda consecutiva do indicador, que acumula perda de 3,7%. Os dados estão na Pesquisa Industrial Mensal, divulgada nesta sexta-feira (3) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Baixar arquivo
Esportes

Em 2000, Gustavo Kuerten chegava ao topo do ranking mundial de tênis

Neste dia, há 21 anos, Gustavo Kuerten vencia a final do Masters de Lisboa, em Portugal, contra um dos favoritos, o norte-americano Andre Agassi. A vitória fez de Guga o primeiro sul-americano a terminar uma temporada como o número 1 do mundo.

Baixar arquivo